segunda-feira, 28 de junho de 2010

S. PEDRO BLOGAGEM COLECTIVA DO BLOG ZAMBEZIANA



Ó meu santo popular
Sempre foste o terceiro
Vais ter mas é que jogar
Para ficares em primeiro

Á batóta ou á sardinha
Qualquer um podes jogar
Para ficares em primeiro
Nos próximos populares.

S.Pedro tenho uma ideia
Já que tu és o porteiro
Recebe aí por inteiro
A malta da assembleia

Mas peço-te que lhes dês
Um castigo e bem danado
De terem o móni por mês
Que aqui tem o reformado

Queria vê-los a gerir
Essa tão magra mesada
Calçar, comer e vestir
E ainda dar para a casa

Mas mesmo assim os danados
Ainda estão em vantagem
Não gastam nem na viagem
E ainda são "honrados"

Ó meu santo padroeiro
Eu p'ra mim quero pedir
Que não me deixes partir
Sem me avisares primeiro

Tenho coisas p'ra levar
E outras para fazer
Os tecidos p'ra bordar
E quadras para escrever

Pois quando aí der entrada
Eu não me quero encontrar
Com essa seita danada
Que só come e não faz nada
E ainda lhes estão a pagar.

S. Pedro és o porteiro
E tens as chaves na mão
Abre a este mundo inteiro
As portas do coração.


S. Pedro, discípulo de Jesus, também entregou a sua vida pelo Seu Mestre. Caminhou com Cristo, sendo um simples pescador foi escolhido par guiar a Igreja nascente. Vacilou e negou-O, mas reconhecendo a sua fragilidade professou novamente o seu amor: “Tu sabes tudo, Senhor, bem sabes que Te amo!”

Três Santos. Três homens iguais a tantos outros. Três pessoas de situações sociais e económicas diferentes, bem como de diferentes níveis culturais e académicos. Contudo, três homens unidos no mesmo Amor, marcados e apaixonados pelo mesmo Jesus. Podendo valerem-se das suas condições, viveram com simplicidade e humildemente. Três dos Santos mais venerados por toda a Igreja e mais respeitados em todas as culturas e mesmo pelas outras religiões. Três homens que são para nós exemplo e estímulo para vivermos a Santidade que recebemos no Baptismo. Talvez por isso eles sejam tão populares entre nós: porque sendo do povo, nos indicam Aquele que deu a Sua Vida pelo Povo. O Acólito tem nestes três homens a grande força e exemplo do seu serviço, dedicação e amor à Eucaristia.

11 comentários:

Braulio Pereira disse...

olá!! linda homenagem.

aos santos populares



beijos meus!!

Mona Lisa disse...

Olá!

Mais um belo poema onde o humor e a realidade estão entrelançadas.

Os meus parabéns!

Bjs.

Canduxa disse...

Olá Rosa Branca,

Linda participação com estas quadras tão cheias de humor. Gostei!


bijinhos

Wanderley Elian Lima disse...

Na verdade não sou devoto de nenhum santo junino, mas adoro suas festas, com todas aquelas comidas gostosas.
Beijos

quicas disse...

Mais uma bela contribuição para a divulgação das festas tradicionais do mês de Junho, em Portugal, em honra dos assim chamados "Santos Populares". Obrigado.
beijinho

♥.•:****-franciete-****:•.♥ disse...

Minha querida, que bom é vir a este tão lindo recanto, onde hoje predomina o terceiro Santo popular, sim porque ainda falta o quarto que é o S. Martinho, que deve chegar daqui a 5 meses com uma bebedeirazita nos queixos e e nos trás novamente o verão.
Deixo-te o meu abraço e o meu beijinho de luz e paz.
PS: olha amor e força Portugal

Faniquito disse...

Oii, amiga !!!

Lindo post...não se pode mesmo perder as tradições das festas de junho.

Beijinhos

Ana

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, belo post...Espectacular....
Beijos

Graça Pereira disse...

Minha Querida
Imperdoável não ter vindo aqui.....com quadras tão brilhantes e verdadeiras, neste pedido a São Pedro...estendo a passadeira vermelha a ti,minha amiga, completamente a Rainha das Quadras.

São Pedro neste dia
escuta o que o povo diz
será que é utopia
querer um país feliz?

Somos tesos,sem ilusões!
Nisso já falou a Branca.
Mas nossos corações
São como pomba branca.

Não és santo do dinheiro
Mas tens as chaves do Paraíso
De todos, o mais ordeiro
Aos ministros dá-lhes juízo.

Fecha a porta do céu
aos que andam a roubar
levam o que não é seu
deixam os outros a penar!

Na blogagem na verdade
quisemos o santos honrrar...
Fizemo-lo com amizade
Meio a sério,meio a brincar...


Beijocas minha querida pela tua participação...acho que fiquei mais unida com aqueles que participaram nesta maratona Junina.
Graça

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Há palavras tão bonitas,
que desde o início já
fazem folia em nosso coração.

As histórias dos santos são riquíssimas.
Nestes tempos de tanta superficialidade,
relembrá-las e divulgá-las,
é um presente ao espirito.

Dias de paz para ti.

Nilson Barcelli disse...

Minha amiga, fizeste mais um magnífico poema.
Onde a qualidade que está sempre presente nos foi oferecida com um sentido de humor muito teu.
Gostei imenso, pois claro.
Boa semana, beijos.