sábado, 12 de junho de 2010

SANTO ANTÓNIO- BLOGAGEM COLECTIVA







Santo António de Lisboa
Ó meu santo padroeiro
Dá-nos saúde da boa
E também algum dinheiro

Dá-nos também paciência
P'rós politicos aturar
Descontração e clemência
Prós ouvir cacarejar

Arranja também uns fatitos
Para toda a assembleia
Porque eles coitaditos
Não ganham nem para as meias

Santo António dou-te pontos
Se tu conseguires acabar
Com os fatos de 500 contos
Que estamos a pagar.

Santo António quem te deu
Essas flores, as açucenas
Sabia decerto das penas
Que teu coração acolheu

Te ofereceu um menino
E és dos santos primeiro
E deu-te como destino
O santo casamenteiro.

Ó meu santo Antonino
Pergunto-te com embaraço
De quem é esse menino
Que tu carregas no braço

Mas também quero saber
Porque é, qual a razão
Que no S. Pedro e S. João
Tu não queres aparecer

Anda vem, traz o menino
Para a fogeira saltares
Que este mês, o junino
É dos santos populares

Um último pedido a fazer
Eu te imploro docemente
Mata a fome a toda a gente
Que nada tem p'ra comer.

Postagem colectiva do blog zambeziana da amiga Graça.

10 comentários:

Andradarte disse...

É bom lembrar o dia...Ainda será
o mesmo milagreiro??
Beijo

Graça Pereira disse...

Minha Querida

Parabens pelas tuas quadras que estão lindissimas...meio a sério meio a rir, vais colorindo a situação e enfeitas Santo António com versos de encantar. Obrigada por teres "alinhado" nesta blogagem colectiva e que:
Santo António para nos ajudar
Tome conta do orçamento
Andamos todos a penar
Arrastando nosso lamento!

ROSEIRA BRANCA e o Santo
ficam bem juntos, pois então!
Gosto deles tanto, tanto
Que os trago no coração.


Beijo muito carinhoso e amigo
Graça/ZAMBEZIANA

Laura disse...

O Sant'António está cansado
de dizer que não é casamenteiro
é mais de coisas perdidas...
Tenho amigas que lhe pedem à anos que as case, e ainda lá estão continuando a pedir...
e outra que perdeu uma libra de ouro caiu da pulseira e ele lá a encontrou numa ouriversaria onde ela a foi buscar, caiu e uma senhora apanhou-a do chão, entregou-a ao ourives e ela voltou lá por via de duvidas..e estava lá, sorte..podia ser apanhada por alguém menos sério e?...
beijinhos, laura

Wanderley Elian Lima disse...

Muito boa sua participação na blogagem coletiva proposta pela Graça. Parabéns.
Bjs

Graça disse...

Mês de quadras populares :))... gostei, querida Rosa.


Beijo de carinho e bom domingo.

El ave peregrina disse...

Fermosa pregaria o Santo Antonio o santo patrono, da saúde, do diñeiro e aquí en Galicia o chamado casamenteiro, o que se lle pide un mociño...

Unha aperta.

Nilson Barcelli disse...

Poesia popular é o teu forte e, por isso, o Santo António já te elegeu como a melhor participante da blogagem colectiva...
Gostei imenso, como sempre.
Querida amiga, boa semana.
Beijos.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, minha Rosa!

*Um último pedido a fazer
Eu te imploro docemente
Mata a fome a toda a gente
Que nada tem p'ra comer*

Não sei se o Santo faz isso, mas com esta blogagem e poemas como este, a ajuda aumenta em qualidade! Lindo de Viver*********

Beijos da Renata Maria, meio desaparecida*

Maria Bettencourt Lemos disse...

Querida Amiga, olá!

em primeiro lugar um Grande Abraço meu e da Rita e muitissimo obrigada pelas lindissimas palavras que lhe dedicou...adorámos...só realmente vindo de alguém muito especial, OBRIGADA!
Muitas felicidades para si...sempre!!!
Maria Lemos

Canduxa disse...

Amiga,

as quadras estão mesmo a preceito e lindíssimas.
Quem sabe se o Santo António faz alguns milagres...é claro que temos de o ajudar!
Vou ver se faço umas para o nosso S. João.

Beijinhos