segunda-feira, 1 de agosto de 2011

PERSIGO



Persigo o meu sol ausente
Na esperança de encontrar
A luz que eu olhe de frente
Sem que me fira o olhar

Persigo com ousadia
Aquilo que nunca pensei
Que eu perseguisse um dia
Pois nunca o procurei

Persigo a velha saudade
À distancia p'ra não ver
As mágoas da mocidade
Que me fizeram sofrer

Persigo a dor meu espinho
Para me certificar
Que encontrou um caminho
E que não vai mais voltar

Persigo o sonho a loucura
A saudade num adeus
E corro atrás da ternura
Que me diz os lábios teus

Persigo o que me conduz
Aos teus braços com ardor
A alma que me seduz
Que me mostrou essa luz
Nos teus olhos meu amor.

20 comentários:

Jorge disse...

Poema empolgante e emocionalmente intenso.
Abr
J

José disse...

Olá Rosa Branca!

Nunca deixe de perseguir
muito menos de sonhar
tenha fé que vai conseguir
o que persegue encontrar

Tudo leva o seu tempo
nem sempre é como se quer
mas há-de chegar o momento
que isso vai acontecer

beijinho grande,
José.

Braulio Pereira disse...

hola querida amiga

estou optimo com novas forças foram umas boas e largas ferias
desjo-te um bom verao.
tudo de bom.

aqui estamos tinha saudades de ti..


beijinhos flor!!

Rafael Castellar das Neves disse...

E nunca deixe de perseguir...esta "caça" que dá sabor à vida!

[]s

Everson Russo disse...

Persigo a felicidade,,,que ela venha logo e com todas as cores do mundo...grande beijo de bom dia pra ti amiga.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Rosa!

A vida é uma constante procura, na esperança de um dia poder encontrar o caminho que nos conduza àquilo que consciente ou inconscientemente todos queremos achar: a felicidade.

Dito assim, não tem muita graça; dito por si, deu um lindo poema- parabéns!

Beijinhos.
Vitor

Jorge Pimenta disse...

a vida é o graal e a própria demanda, o propósito e o meio, a vitória e o combate. por isso mesmo, nada como ela é [nas tuas palavras que adopto] o sonho e a loucura, a dor e o espinho, a saudade e a distância.
beijinho, flor amiga!

Sonhadora disse...

Minha querida

Um renascer para o amor num poema de ternura.
Adorei e deixo o meu beijinho com carinho.

Sonhadora

Mona Lisa disse...

Olá

Devemos sempre perseguir os nossos sonhos.

Belíssimo poema. Forte!

Bjs.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amiga
Poema carregado de emoções, transparecendo um grande amor.
Bjux

SOL da Esteva disse...

Rosa-Branca

A persistência com que constróis a tua Vida é admirável.
O conjunto dos teus desejos são magníficos e muito elevados.
Por mim, Amiga, destaco o que me parece mais edificante:
"Persigo a velha saudade
À distancia p'ra não ver
As mágoas da mocidade
Que me fizeram sofrer."


Beijo

SOL

A.S. disse...

Belo poema...

BeijOOO,
AL

Maria Luisa Adães disse...

Belo poema feito de uma perseguiçãoo constante
e de um medo de perder o caminho,
desse perseguir...

Muito bonito!

Maria Luísa

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Maria disse...

Amiga um poema simplesmente maravilhoso. Todos perseguimos algo ao longo da nossa vida, já que mais não seja perseguimos a felicidade.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Maria João disse...

Perseguem-se os sonhos, enquanto transportamos as memórias.. tudo isto é caminho.. o nosso caminho e sabes, minha amiga.... é tão bom caminhar!

Um beijinho

carlos pereira disse...

Minha cara amiga Poetisa do amor;
Lindo poema, onde toda a sensibilidade é, magnificamente, patenteada.
Gostei.
Um beijo.

Verânia Aguiar disse...

gostei mto :) bjo

N. Barcelli disse...

Já tinha lido este teu excelente poema, mas devo ter-me esquecido de o comentar.
Gostei muito, continuas a escrever ao teu melhor nível.
Querida amiga, tem uma boa semana.
Beijo.

BlueShell disse...

Eu persigo o sonho e a saudade também...
Bj
BShell