segunda-feira, 8 de agosto de 2011

INDOMÁVEL



Indomável é o sonho
Em noite de céu estrelado
E o pesadelo medonho
Na lembrança do passado

É a luz que faz questão
De continuar a brilhar
Que ilumina a solidão
Mesmo que esteja a chorar

Indomável é a morte
Que ao carregar tanto frio
Deixa escrito em sorte
Um abraço num vazio

E até a velha hera
Sempre ao sol e ao vento
Teima em dar um rebento
P'ra enfeitar a Primavera

Indomáveis somos nós
Pois seja noite ou dia
Não queremos estar sós 
E ás vezes nem companhia

Indomável o meu ser
Quando sente o teu ardor
Deixa meu sentir a arder
Em labaredas de amor.

30 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Somos indomáveis quando estamos perto de quem amamos. Aí só pensamos a aproveitar esse momento de prazer.
Bjux

Mona Lisa disse...

Olá

Soberbo!

Um poema transbordando amor e saudade.

Bjs.

Zélia Guardiano disse...

Lindo, muito lindo, Rosa Branca, minha querida!
Quanta harmonia entre a ideia e as palavras...
Você faz magia em forma de versos!
Beijos

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Minha querida e doce amiga, é com lágrimas nos olhos que vejo reflectida aqui a nossa amizade, não, não podia deixar de comentar estes tão lindos versos escritos com sangue e vindos do seu coração para ajudar a recuperar o meu.
Com todo o meu carinho, que Deus ilumine sempre seu caminhar, beijos mil de luz e paz...

Sonhadora disse...

Minha querida

Sabes como gosto de te ler...emociono-me sempre com os teus poemas, porque falam de mim também.
Como sempre adorei e deixo o meu beijinho com carinho.

Rosa

Machado de Carlos disse...

Indomável mundo novo. Tudo é novo esperando a chegado do amor estonteante. Depois de um ciclo; eis uma nova etapa!
Beijos!...

Kim disse...

Oi Rosinha!
Ironia do destino serem as rosas brancas as minhas preferidas.
Tal como nas tuas poesias, às vezes - a gente sente que precisa de falar de amor.
E falar de amor faz sempre bem!
Um beijinho

Jorge disse...

Belo poema, que nos transmite emoções e sentimentos à flor da pele.
Abrs
J

José disse...

Sempre lindos teus poemas, Rosa Branca.

Indomável é o coração
Só faz o que ele quer
deixa-me nesta solidão
que chega a fazer doer

Beijinho,
José.

Everson Russo disse...

O sonho será sempre indomável quando acreditar no infinito...grande beijo de bom dia pra ti amiga.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Rosa!

Na vida, muitas vezes, o oposto de ser indomável é desistir, é perder, e então só nos resta lutar para isso não acontecer.
Lindamente dito,cheio de sensibilidade.

beijinhos, boa semana.
Vitor

Laura disse...

Ai nina Rosa branca, daqui nada ardes a sério com tanta chama que tens dentro de ti...cuidado ehhhh.

beijitos da laura

N. Barcelli disse...

Os teus poemas saem da alma...
Excelente, querida amiga.
Gostei muito.
Tem um bom resto de semana.
Beijos.

Mara disse...

Menina, que coisa mais linda1
Pura emoção!
...
Indomável o meu ser
Quando sente o teu ardor
Deixa meu sentir a arder
Em labaredas de amor.

Parabéns!
Com carinho,
Mara

C@urosa disse...

Olá querida Rosa do amor, que bom ler seus belos poemas onde o amor sempre está presente, me agrada e emociona. Agradeço sempre seus gentis comentários.

forte abraço

C@urosa

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

E a cada sentimento
indomável,
mais forte
a vida se torna em nós...

Viver é sentir os sonhos
com o coração.

Tétis disse...

Olá Rosa-Branca

Lindíssimo este poema repleto de sensibilidade e emoção.

Nota-se que foi escrito com um coração cheio de amor.

Beijinhos

N. Barcelli disse...

Querida amiga Rosa, tem um bom resto de Domingo e boa semana.
Beijo.

tossan® disse...

A tua roseira hoje está cheia de poesia do mais alto nível! Bj

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Regressei agora de férias e passei para ler os seus textos e deixar um beijinho!

Malu disse...

E há tantas coisas que nos faz indomáveis por queremos faltar o equilíbrio para o momento.
Lindo este poema.
Abraços intensidade da VIDA ou por apenas f

Luís Coelho disse...

Gostoso ser indomável neste poema.
Apeteceu-me ser assim indomável
- No sonho, no frio e na sombra
- No querer e no saber
- De noite ou de dia
- Indomável na vontade de amar

Machado de Carlos disse...

Neste mundo, cuja passagem é efêmera, precisamos valorizar cada segundo de Amor, como se fosse o último. Por isso somos indomáveis!

Os beijos de carinhos são recíprocos!

Adelaide disse...

Poema espetacular...Nada mais posso dizer...Só parabéns...

Mgomes - Santa Cruz disse...

Rosa: Todos nós somos indomaveis quando ardemos na chamas do amor, lindo poema adorei.
Beijinhos
Santa Cruz

Graça Pereira disse...

Bordaste bem este poema maravilhoso. Todos nós temos um pouco de indomáveis...insatisfeitos, tal como a letra da canção "porque eu só estou bem aonde não estou".
Mil beijos
Graça

Rosa Goncalves disse...

Oi amiga, que lindo está seu cantinho mostrando tanta beleza cada uma mais bela que a outra adoro, os poemas são lindos , amiga meus parabéns. e obrigada por compartilhar. jinhossssssssss

Fernando Santos (Chana) disse...

A paixão é como as chamas de uma fogueira.. Ardente bela e rápida...
Mais o amor é verdadeiro,jamais se queima, permanece sólido e eterno em nossa mente e coração.
(AAA vinicius)

Cumprimentos

Mário Margaride disse...

Olá querida amiga, tudo bem?
Como tinha prometido, aqui estou neste lindo espaço que tinha muitas saudades. O meu antigo BLOGUE, "PALAVRAS QUE FALAM", não tenho acesso a fazer postagens, por ter perdido a palavra passe. E como não consegui reaver a mesma, criei outro blogue, "PALAVRAS AO VENTO", para assim poder novamente postar os meus poemas e visitar os meus amigos, que tantas saudades sinto. Espero que gostes!

Adorei este teu poema! Muito sensual...

Beijocas.

Mário.

Liza Leal disse...

Tocante poema!
Belíssimas imagens..

abç