sábado, 9 de abril de 2016

QUISERA EU


Quisera eu não viver
E não ter um coração
Para não ter que sofrer
Mágoa, dor, desilusão

Quisera eu ser criança
Para tudo colorir
Mas rasgaram-me a esperança
Não me deixaram sorrir

Quisera eu ser poeta
Fazer rimas p'ra esquecer
Mas esta alma pateta
Escreve só no sofrer

Quisera ser até o mar
Em constante ondulação
No meu sentir navegar
Em ondas de solidão

Quisera eu aprender
A não aceitar a verdade
Para não ter que viver
Com tanta dor e saudade


Quisera eu olvidar
As mágoas tão doloridas
E esquecer as partidas
De quem não vai mais voltar

Quisera eu não te amar
Mas essa tua ternura
Acabou por transformar
O meu querer em loucura.


37 comentários:

Crocheteando...momentos! disse...

Tenho um pouco de receio da loucura!
De tanto querer
...espero nunca enlouquecer!
Adorei ...e obrigada pela visita

Crocheteando...momentos! disse...

Tenho um pouco de receio da loucura!
De tanto querer
...espero nunca enlouquecer!
Adorei ...e obrigada pela visita

ॐ Shirley ॐ disse...

Que lindo poema, Rosa-Branca. Pena que seja utópico, pois, para evoluir, temos que passar pelas vicissitudes da vida.
Muito bonito, amei!
Beijos e ótimo domingo!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Quisera ser Poeta como vc. Lindo, Rosa.
Um beijo e bom domingo*

EL AVE PEREGRINA disse...

Rosa Branca, canta razón levan a túas verbas pero que sería de nós sen o coração...

Fermosos versos.

Unha aperta.

Tomás disse...

Un bonito poema el cual me suena algo triste.

Saludos.

Roselia Bezerra disse...

Bom dia, querida Rosa!
Tantos quiseras temos pela frente... o jeito é saborear o fel de cada dia... muitas vezes...
Bjm muito fraterno

Blog da Gigi disse...

´Lindo domingo!!!!! Beijos

Pedro Luso disse...

Olá, Rosa Branca,
Gostei muito do seu "Quisera eu", um belo poema, com belas rimas.
Um bom final de domingo.
Abraços.

Mona Lisa disse...

Magnífico poema. Tocou-me!

Beijinhos.

CÉU disse...

olá, querida amiga rosa branca...

mto agradeço a sua visita, amizade e palavras bonitas deixadas no meu blogue.
a cirurgia correu bem, graças a Deus, mas agora é tudo uma questão de tempo. seguir-se-á, daqui a umas 3-4 semanas, fisioterapia.

não conseguimos tudo, já sabemos disso, mas ser poetisa, isso conseguiu. gosto mto da forma popular como escreve. entende-se tudo o k escreve e tem preceito poético.

beijos e boa semana.

Andreia Morais disse...

Gostei muito!

r: Obrigada*

VictorNanny disse...

Um poema forte e ao mesmo triste na intimidade, mas, verdadeiro!
Beijos!

Vera Lúcia disse...


Olá Rosa,

O tom nostálgico embeleza ainda mais o poema, construído com lindos versos. Quem dera pudéssemos fazer escolhas que nos afastassem das dores da alma!
O interessante é que tais dores são as nossas melhores mestras na escola da vida.

Adorei o poema.

Feliz semana.

Beijo.

Pedro Coimbra disse...

Quisera eu escrever como escreve.
Mas não sou capaz.
Boa semana

Isa Sá disse...

Bonito poema!


Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Lindo um belo poema minha amiga gostei bastante.
Um abraço e boa semana.

Graça Pires disse...

O amor tão próximo da loucura dos gestos...
Beijo.

MARILENE disse...

Os sentimentos são incontroláveis, não obedecem nosso querer. E passeiam, altaneiros, na saudade que alimentamos, nos desejos que não realizamos. Muito belo! Bjs.

Gracita disse...

Boa noite Rosa
Quisera eu ser uma grande poetisa para escrever lindamente como você que canta o amor em toda a sua plenitude
Amiga hoje vim te oferecer o Prêmio Dardos. Se aceitares basta acessar este link Momentos de Amor e Poesia para pegá-lo
Uma semana iluminada minha amiga
Um beijo carinhoso
Gracita

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Fantástico, sublime!!!
É daqueles poemas que dá gosto declamar em voz alta!
Bjs

mixtu disse...

quiser eu
sentir
amar
viver
escrever
amar...

poesia

Brisa disse...

Olá minha amiga Rosa...
Pois é... mas no amor há sempre um pingo de dor...
Poeta já o és
com alma e coração
que rimam com as marés...

São lindos os teu versos
Bjo

Elvira Carvalho disse...

Quisera eu descrever meus sentimentos com a beleza com que a amiga o faz.
Um abraço

Maria Rodrigues disse...

Que querer tão intenso e sofrido, simplesmente tocante e belo.
Minha amiga, recebi um prémio que circula na net e venho partilhá-lo consigo.
Para mim a importância não está no prémio em si, mas sim no que ele representa, a criatividade, imaginação, inspiração, bem como as horas e dedicação que cada um, dedica aos seus blogues deixando neles um pouco de si.
Provavelmente já recebeu de outros amigos esta recomendação, mas fica também aqui o meu reconhecimento pelo mérito do seu blogue.
Beijinhos
Maria

graça Alves disse...

Quisera eu...mas às vezes não dominamos o querer...
Gostei muito
bj amigo

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

Quisera poder viver
Como vives esse Amor.
...Mas teria de crescer
Para ser merecedor!


Beijo
SOL

Fê blue bird disse...


Tenho muito gosto em segui-la e ao seus belos poemas.
Quisera eu ter o dom de escrever assim.

Também de Almada, decerto já nos encontrámos rss
Um beijinho

Cidália Ferreira disse...

Áhh quisera eu!!! Lindo de morrer o seu poema
demorei, mas cheguei, vou linkar a fim de não perder as suas actualizações.

Obrigada pelo seu carinho.

Beijo, um resto de dia feliz.

Coisas de Uma Vida 172

Walker Moovin disse...

Quisera ser poeta, romancista, evangelista;Quem sabe doutor, cantor, compositor;Ou até mesmo artista, pianista, cientista.
Alguém de renome como Fernando Pessoa,
Casimiro de Abreu, Antônio Vieira;
Talvez Freud, Tom Jobim, rei Davi;
Quem sabe Michelangelo ou Leonardo, Chaplain;
Surdo, mas Beethoven; louco, porém Eisten Rosa Branba.
big bj em seu coraçãozinho......


Rui Pascoal disse...

Eu bem queria ser pior
Mas não consigo...
Continuo um pinga-amor
Enternecido.
:)

Bonitos versos os seus.
Bem haja!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Passando para lhe desejar um bom fim de semana, Rosa.
Beijo com carinho,
Renata

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, quisera eu escrever tão bem como a senhora para expressar os meus pensamentos e sentimentos, quisera eu ter o dom da poesia para criar lindos poemas com este que escreveu.
Bom fim de semana.
AG

Jaime Portela disse...

"Escreve só no sofrer", mas bem.
O poema é excelente. Gostei imenso, nomeadamente da sonoridade do poema.
Bom fim de semana, querida amiga Rosa.
Beijo.

saudade disse...

Quisera eu não comentar
tão belos versos que li
mas não paro de pensar
pois não consegui....

Bom fim de semana
beijo de....
Saudade

Odete Ferreira disse...

Uma bela criação poética, amiga; contudo, há que vivenciar um pouco de tudo, só assim somos humanos.
Bjo :)

Tais Luso disse...

Adorei esse, também, Rosa. Forte, dolorido.
Já tinha andado por aqui...

"Quisera eu aprender
A não aceitar a verdade
Para não ter que viver
Com tanta dor e saudade."

bj