quarta-feira, 2 de maio de 2012

GOSTAVA


Gostava de poema ser
Para ver no teu olhar
A delícia e o prazer
De uma leitura a rolar

Gostava de ser saudade
No teu peito a escorrer
Em gotas de eternidade
Para eu todas beber

Gostava de ser luar
Quando estivesses no leito
P'la tua janela entrar
Me aconchegar no teu peito

Gostava de ser um beijo
P'ra sentir no teu corpinho
A loucura e o desejo
Em completo desalinho

Gostava de um sonho ser
P'ra quando fosses dormir
Eu amar-te com prazer
Na loucura do sentir

Gostava de ser o ar
Que respiras com fervor
Para no teu corpo entrar
E inundar-te de amor

Gostava de ser diferente
Porque este meu mar sem fim
Me arrasta na corrente
Sempre à deriva de mim.

48 comentários:

Fabio Fan disse...

Um gosto gostoso seu gosto de gostar, as rimas milimétricas parecendo uma canção ao luar.

Abraços mil

Fabio Fan disse...

Um gosto gostoso seu gosto de gostar, as rimas milimétricas parecendo uma canção ao luar.

Abraços mil

mundo da lua disse...

e eu gosto de ser mera leitora de boas palvras unidas.

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Que lindo!
Que doçura de poema, simplesmente amei.
Um abraço e uma tarde doce...

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Rosa!

Quem assim gosta, gosta muito.
E eu gostei imenso de ler este lindo e doce poema - coração aberto de quem muito ama e quer ser amado.

Bonito-como sempre;parabéns!

Bom resto de semana.
Beijinhos.
Vitor

Sandra Subtil disse...

És isso tudo e muito mais . És poesia e a poesia tem a vida em si.
Beijinho

Ana Martins disse...

Tão ternurento, muito lindo!

Beijinho,
Ana Martins

as-nunes disse...

Rosa-branca, querida amiga

Quero pedir-lhe desculpa por ter adiado a publicação do post em que colocou um comentário muito simpático, aliás a condizer com a beleza celestial da imagem ultra naturalista que há-de ser apostada nos próximos dias.

Agora ainda estou muito introspetivo em relação à data evocativa do flagelo do desemprego em Portugal e no mundo.

Um problema de sobrevivência, pura e dura!

Belo poema, temos que viver a vida, essa é a nossa razão de existir!
Bj

Everson Russo disse...

Gostava de amar nos mais belos e singelos versos de paz...beijos de bom dia pra ti amiga.

SOL da Esteva disse...

Rosa, Querida

Que delícia de Poema!
O Amor sempre presente a cada desejo teu.
Parabéns

Beijos

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.pt/

Irene Alves disse...

Muito bom este seu poema, amiga.
Será que permite que o insira no
meu sinfoniaesol,com os devidos
créditos.Tinha muito gosto.
Basta deixar um comentário.
Beijinhos
Irene Alves

Maria Cusca disse...

Lindo amiga!
Há algum tempo que não passava por aqui.
E claro que fiquei mais uma vez encantada!
Continua, jinhos grandes

Mona Lisa disse...

Gostavas de tudo que gostamos...de amar e ser amada!

Parabéns pelo belíssimo poema. Uma TERNURA!

Beijos.

Manuel disse...

O amor consegue estes belos momentos de poesia.
Adorei a forma bela e simples deste gostar.

Duarte disse...

Lindas quadras que formam um belo canto ao amor, ademais numa rima criativa, plena de arte no dizer, dizendo. Os meus parabéns.
Um grande abraço, querida amiga

Janita disse...

Querida amiga.
Doce e terna forma de gostar, descrita num lindo poema, como tu tão bem sabes sentir e fazer sentir a quem te lê.
Gostei muito.

Beijos com carinho, amiga Rosa Branca!

Janita

© Piedade Araújo Sol disse...

a ternura expressa em rimas muito bem cuidadas.

muito bem!

um beijo e um final de semana feliz.

Everson Russo disse...

Um excelente final de semana pra ti minha amiga, paz e poesia sempre...beijos e beijos.

MA FERREIRA disse...

É um encanto olhar para esta rosa branca na foto do seu perfil!

Lindo poema..... quando amamos queremos sempre ser o melhor para o outro!!

Um beijo..bom final de semana,,

Luís Coelho disse...

As coisas que eu gostava e ainda gosto....são tantas e todas acabam no mesmo.
Quem ama quer e deseja e todas as coisas lhe falam a mesma linguagem do amor .

Maria disse...

Minha amiga um poema que nos mostra a sua doce e grande sensibilidade de gostar. Quantas coisas gostavamos de alcançar...
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Marcia disse...

Me apaixonei pelos teus lindos versos aqui me encontrei.bjos!

Rita disse...

Que maravilha conhecer seu Blog que
é lindo adorei,tem coisas que gosto
muito esse poema é bem marcante
desejo um final de semana,cheio de
muita paz
Abraços com carinho Rita!!!

http://cantinhovirtualdarita.blogspot.com.br/

► JOTA ENE ◄ disse...

ººº
Agradeço os teus comentários nos meus 'tascos'.

Gosto sempre de ler a tua poesia !

Beijo[ta]

Kim disse...

Oi Branca!
Gosto desta mistura de paixão e erotismo.
O amor faz as pessoas bem mais felizes. Continua!
Beijinho para ti!

Pétalas de Poesia disse...

Sempre belos os seus poemas.
Pois os poetas tudo sente, esses seus desejos e do coração transborda para todos os seres.
Parabéns, amiga.
Um abraço.

elvira carvalho disse...

Um bom poema onde o erotismo e a ternura se misturam e nos encantam.
Um abraço e feliz dia

Sonhadora disse...

FELIZ DIA DAS MÃES

As mães são ruas para a eternidade...mesmo depois da morte do corpo vão continuar no coração de quem as amou...na memória de todos os momentos de ternura...uma doce presença e um suave colo para quem tem a sorte de as ter e uma eterna saudade das que já partiram, mas que viverão para sempre em nós.

Um beijinho carinhoso
Sonhadora

manuela barroso disse...

Gostava, Rosa-Roseira, de ter este desainho tão alinhado sempre em magníficas poesias. E a sensualidade de hoje tem o perfume das algas à deriva! Belíssimo!
Obrigada querida amiga pelo teu gesto!
Terno abraço

Vera Lúcia disse...

Olá Rosa,

Lindíssimo o seu poema! Gostei demais de ter tido a oportunidade de deliciar-me com a leitura do mesmo.

As imagens que vejo por aqui são maravilhosas. Parabéns pela sensibilidade e bom gosto.

Adorei recebê-la em meu recanto.
Já me instalei neste lindo espaço.

Beijo.

:.tossan® disse...

É muito bom chegar de viagem, me servir de uma taça de um bom tinto seco e ler um belíssimo poema como este. Obrigado. Bj

Daniel Milagre disse...

Rosa Branca

A suavidade que palavra "gostava" confere ao poema tornam-no belo e de agradável leitura.
Beijos

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

Minha querida Rosa branca
revela-me a tua mágoa
não deixes que esse teu pranto
te encha os olhos de água

Deixa as gotinhas da chuva
te deixarem bem molhada
para quem olhar p'ra ti
pensar que estás orvalhada

És uma amiga leal
tens carinho e muito amor
estamos aqui tão perto
e ainda não te vi a cor

Minha doce e linda amiga eu sim a tua cor e até sei a cor do teu coração, se eu tivesse poder tu não sofrias tanto mas o sofrimento nos dá a força para subir a nossa escada, beijinhos meu amor e que tudo sorria em teu redor, beijinhos de luz e muita paz...

Everson Russo disse...

Uma excelente segunda feira pra ti minha amiga, muitas flores, paz e poesias...beijos e beijos.

Graça Pereira disse...

Minha Querida Rosa Branca

Obrigada pelo teu carinho durante a minha pausa...o silêncio também me renova e estava a precisar.
Voltei pelo poema do meu filho, ontem dia da Mãe.
Gostaria de ter a tua veia poética para te agradecer em verso, as tuas palavras que calaram fundo no meu coração-
Este teu "Gostava" está aquela ternura que tu pões em cada letra.
Mil beijos e uma semana feliz.
Graça

Joana e Sofia disse...

Olá querida
obrigado pelos parabéns e para o ano é farra da grossa rsrsrs.
Belos 50 Kg.

Beijos
Sofia

Daniel Costa disse...

Rosa Branca

Prende-me muito a tua poesia, na medida em que, tem uma leitura simples, em realação à profundidade que lhe encontro.
Reportando-me ao teu comentáro: em Lisboa choveu, práticamente, todo dia.
Se não considerares exagero, pedia para dar uma passada especial a DANIEL MILAGRE e opinares sobre o tipo de poema postado: DOGMAS E MILAGRES.
beijos

Evanir disse...

Querida Amiga.
Como sempre seu poema é sempre lindo
simples de se entender.
A verdade é que a linguagem do amor não é difícil de entender mais tem que saber poetar isso você faz maravilhosamente.
Amiga linda semana pra si.
Beijos.
Evanir.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

mixtu disse...

gostava de voar
de voar alto
com a minha asa

procurar outra asa

e voar

gostava

de poisar...

dois corpos... uma única sombra

abrazo serrano

Rita disse...

Uma boa tarde pra você
Visitar os amigos e amigas deixa
a gente feliz com tudo que ve
Poemas,Poesias,artes,receitas
e toda criatividade só temos
que deixar nossos elogios,é
sempre um prazer .Vc merece tudo isso
Abraços com carinho Rita!!

Everson Russo disse...

Uma excelente tarde pra ti minha amiga, repleta de paz e muita poesia...beijos e beijos.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Penso
nas pessoas
que nunca amaram...
Como entender
palavras assim,
tão inundadas
deste maravilhoso
sentimento...


Que sempre haja amor,
para alimentar de sentidos
sua vida.

Jota Effe Esse disse...

Que gostoso é ler essa canção de ninar, Rosa Branca. Meu beijo.

silvioafonso disse...

.


Domingo é o dia das mães,
mas como o infortúnio não
tem critério de escolha eu
antecipei o texto justifican-
do nele o nosso amor por
elas.

Espero você lá,

Palhaço Poeta







.

Evanir disse...

Mais do que ser ternura
É cativar corações e mentes.
Mais do que ser luz,
É colorir o universo de cores mil.
Mais do que ser ponte
É caminho seguro a seguir.
Acima do bem e do mal
Do que já houve
Do que há
E do que houver.
É fonte de esperança
É bênção insuperável
Entre os seres, inigualável,
De beleza extasiante
Dando-se por inteiro
Sem dia, hora, lugar
É bela, é forte
É fonte de amor
É mulher.
É mãe!
Um feliz e abençoado Dia das mães.
Tem um presente para você na postagem
ofereço com muito carinho.
Deus abençoe todas as mães do Mundo.
Evanir.

Antônio Lídio Gomes disse...

Gostava de ser diferente
Mas tu és diferente! És uma poetisa com um coração sensível e amoroso. Pessoas assim são poucas neste mundo.
Beijos.

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga passei para desejar um excelente domingo.
Beijinhos
Maria