segunda-feira, 6 de junho de 2016

SE EU FOSSE POETISA



Se eu fosse poetisa
Voava nas asas do vento
Percorria o firmamento
Em ondas de nostalgia

Nas ondas do mar lavaria
As mágoas o meu penar
E na areia escreveria
Histórias de encantar

Até nas pedras do chão
Eu iria desenhar
Os olhos do coração
Que me fizeram sonhar

Cobriria de cetim
As ondas desse teu mar
Pintaria de jasmim
O brilho do teu olhar

Em meu coração a pulsar
Dentro da minh'alma nua
Eu iria acorrentar
A minha alma à tua

Se eu fosse poetisa
Dia de vento ou calor
Serias a minha brisa
E eu, o teu poema d'amor.

63 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Poetisa ou poeta é com certeza amiga, pois talento é coisa que não lhe falta.
Gostei.
Um abraço e uma boa semana

Roselia Bezerra disse...

Boa Tarde, querida Rosa!
Muito bonito! Alma de poeta é assim, tatua no coração palavras e mais palavras... sem fim...
Aliás, o corpo todo exala versos...
Bjm muito fraterno

Daniel Costa disse...

Rosa Branca

Mas o poema bem lindo, de uma poetisa de verdade. O achei bem elegante e melhor conseguido.
Abraços

Tomás disse...

Bello poema acompañado por una imagen bella si duda.

Saludos.

Janita disse...

Mas tu és uma Poetisa, Amiga Rosa Branca. E este poema uma verdadeira ode ao Amor.
Lindo!

Beijinhos com votos de excelente semana.

Cidália Ferreira disse...

Poema sublime!Parabéns

Beijos e uma excelente semana.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Gracita disse...

Se fosses poetisa????
Rosa minha querida aqui me deliciando com o seu belíssimo poema
Amo versos assim permeados de amor, paixão, carinhos, carícia e delícias
Bom demais te ler amiga
Uma semana iluminada
Beijos

Pedro Coimbra disse...

Para quem não é poetisa o poema é um primor!

Pedro Luso disse...

Parabéns pelo belo poema, do qual recolho um verso para aqui transcrevê-lo:

"Cobriria de cetim
As ondas desse teu mar
Pintaria de jasmim
O brilho do teu olhar"

Abraço.

Edumanes disse...

Se você fosse poesia,
eu a lia numa noite bela
para você um poema escrevia
se eu por acaso fosse poeta
para você o ler com alegria
de noite à luz de uma vela!
antes do romper do dia!...

Tenha uma boa tarde de terça-feira,
Rosa Branca, com beijinhos nas suas pétalas,
Eduardo.

Aninha Ferreira disse...

mesmo lindo, gosto

heretico disse...

se não és poetisa imitas muito bem...

a (minha, salvo seja) Sâozinha, apesar do seu (dela) talento não te chega aos calcanhares... rss

abraço, amiga

Jaime Portela disse...

Mais um excelente poema, com princípio, meio e fim.
Gostei imenso, parabéns pelo teu talento para a poesia e, especialmente, para a rima com ritmo.
Rosa, tem uma boa semana.
Beijo.

Mona Lisa disse...

És poetisa com uma sensibilidade ímpar!

O poema é excelente!

Beijinhos.

Mar Arável disse...

Poetas somos todos

alguns ousam escrever

CÉU disse...

Olá, querida Rosa Branca...

Agradeço visita e comentário, sempre tão elogioso.
Com calma e perseverança, tudo se consegue, portanto continue a remar, mesmo k seja contra a maré.
O passado fica pra História, da gente, o presente, viva-o o mais possível e o futuro, a Deus pertence. Caso não seja crente, em matéria de religião, o k de há alguns anos a esta parte virou moda, acreditará decerto em algo, que pode até não ter nome, lugar ou tempo, mas é o seu credo, o seu suporte.

É poetisa, sim senhora. Aliás, há anos, k leio e comento o k escreve e gosto mto. Tem um talento próprio, POPULAR E NÃO ELITISTA, faz quadras, que obrigatoriamente rimam e k agradam.

Como sempre, li os comentários k antecederam o meu, e agrada-me mto o conteúdo de alguns. Ia calçar os chinelos, mas não vale a pena.

Beijinho e boa semana.

Tais Luso disse...

Olá, Rosa, "Se eu fosse poetisa"...
Muito bonito, poema elegante, terno, delicado. Gostei do ritmo.
Parabéns, uma nova amiga, voltarei, não tenho dúvidas.
Beijos.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Lindo e muito belo este poema minha amiga.
Um abraço e continuação de uma boa semana.

Blog da Gigi disse...

Ótima quarta- feira!!!!!!!!!!!! Beijos

manuela barroso disse...

Com o compasso rítmico desta musicalidade poética , como deixar ao vento este SE?
Ah ! Tanta pseudo poesia em montes de sílabas mas sem o dom poético q está sua nos transmite !
Beijinho grande Roseira !

Nina Filipe disse...

Olá Laurita, é sempre um grande prazer vir aqui e ler tão lindos poemas, então o que é que se diz a uma pessoa que escreve com tão grandes sentimentos, pois eu não considero os poetas que estão escritos na sociedade portuguesa de autores melhores do que tu minha querida.
Faço votos sinceros que nos mostres sempre versos de amor que brotam do teu coração desejo um bom final de semana com beijinhos de luz e paz.

Kasioles disse...

Me ha encantado tu poema, amiga mía.
Yo estoy convencida de que eres una gran poetisa, tus letras tienen magia, les has puesto alas y se funden entre la brisa y los sentimientos de amor que le dedicas.
Cariños en un fuerte abrazo.
Kasioles

Walker Moovin disse...

Que lindo e maravilhoso poema, muito bem escrito por mãos hábeis seguida por raciocínio logico. Sendo estas desaguada e transbordadas pela pureza deste lindo coração de poetisa.
big bj em seu coração...

© Piedade Araújo Sol disse...

todos temos um pouco de Poeta
quadras bem rimadas e melodiosas
muito bem
beijinhos
:)

Brisa disse...

Mas tu já és uma grande Poetisa...Gosto de ler os teus versos,são um encanto...
Falas em vento e brisa :)e me faz sorrir...

Beijo e desde já te desejo um óptimo fim de semana

Nana disse...

Ola eu achei ....

Muito o seu cantinho ....
tenha um dia lindo com bençãos dos céus .... bjus em seu coração ....

venha conhecer o meu cantinho e me seguir se desejar ok ...

bjus bjus :)

José Carlos Sant Anna disse...

Lá, Rosa,

Uma balada. Um canção maravilhosa. De quem sabe adornar as palavras.
Agradeço mais uma vez a sua vida a minha casa.
É verdade. Lá você esteve r deixou um comentário na postagem Strauss não teve culpa devidamente publicado como o de hoje.

Carinhoso abraço,

Marina Fligueira disse...

¡Hola Rosa!!!

Son preciosos tus versos, tienen esa magia de poeta que vuela canterina, y lava las penas en las olas del mar, mas vuelve a volar con el viento y en la suaves brisa, del amor

Me ha encantado y ha sido un inmenso placer leerte.
Te dejo mi cálido abrazo, mi inmensa estima y gratitud.
Feliz fin de semana.

JOTA ENE ✔ disse...

Bonita tatuagem. Tenho algumas. :)

Beijo!

Anónimo disse...

Já era tempo de escrever alguma coisa com jeito e sem essa rima de merda. Prosa! Sabe o que é? Passar bem até ao procimo

Andre Mansim disse...

Se fosse poetisa?
Imagina se não fosse.

Lindo poema, bela construção e ideia.

Muito, muito bom!!!

Jaime Portela disse...

Gostei de reler o teu magnífico poema.
Rosa, tem uma boa semana.
Beijo.

Arte & Emoçoes disse...

Olá Rosa! Passando para agradecer a tua visita e gentil comentário, assim como me deliciar com a leitura deste teu belo poema, com ênfase para a estrofe abaixo:

Em meu coração a pulsar
Dentro da minh'alma nua
Eu iria acorrentar
A minha alma à tua

Beijos e uma ótima semana para ti e para os teus.

Furtado.

Graça Pires disse...

Faz tudo isso porque Poetas nos chamamos...
Beijos.

Mariazita disse...

Pois, minha querida amiga, se fosse poetisa não sei o que faria!
Se sem o ser já escreve poesia assim...
Deixe de ser modesta, por favor, esta declaração de Amor está "mais que perfeita"!
Gostei muito!

Agradeço muito as suas palavras no meu espaço, e espero que volte sempre.

Votos de uma semana muito feliz.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Maria Rodrigues disse...

Ser poeta é aquele/a que ao escrever o que lhe vai na alma toca o coração de quem lê, tal como a minha amiga consegue.
Belissímo poema
Beijinhos
Maria

Jaime Portela disse...

Bom fim de semana, querida amiga Rosa.
Beijo.

mixtu disse...

e se eu fosse poeta
sonhava
voava
adormecia com palavras doces

poesia :)

Evanir disse...

Uma visita com muito carinho.
Desejo de coração um abençoado final de semana,
que a paz esteja no seu coração .
Saúde para você e sua amada família.
Beijos ..Evanir.

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga passei para deixar um beijinho.
Maria

Smareis disse...

Um poema muito bem construído. Gostei bastante!
Um beijo!

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Sempre encantador poder regressar até estas paragens admirar tamanha sensibilidade com a escrita!
Parabéns!
Abraço

Nana disse...

Olá amore ... que seu mes de Julho possa ser abençoado por Deus ,com muita saúde e muitas alegrias .... bjinhos em seu coração ... Obrigado pelo seu carinho em meu cantinho. ... bjus :)

Evanir disse...

Minha querida amiga poetisa.
Hoje levei um dos seus inúmeros poemas
que tanto gosto e adi miro...
Que , deus abençoe você sempre muita saúde
e alegria de viver.
Te abraço forte.
Beijos..Evanir.

Roselia Bezerra disse...

Boa noite, querida Rosa!
Lindo poema onde sua intenção é de extremo amor dedilhado em cada verso do poema...
Bjm muito fraterno

Anjopoesia Anp disse...

Que lindo, amei...

http://sensibilidadeanavegarcompoesias.blogspot.com.br/

Jaime Portela disse...

Não é já mais que tempo de publicares um novo poema? Os teus leitores agradecem...
Rosa, tem uma boa semana.
Beijo.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, obrigado pela bela partilha, você é uma maravilhosa poetisa.
Feliz fim de semana,
AG

Crocheteando...momentos! disse...

Rosa...não sei se sente poetisa mas que há aí uma alma poética...ai isso há!
Gostei...bj

saudade disse...

E que belo poema, para quem diz não ser poetisa....
beijos de...
Saudade

alfacinha disse...

Que lindo ,escrever poemas nem todos têm este jeito de se exprimir .
Abraço

mixtu disse...

cheiro a jasmim
num dançar de almas...

poesia...

CÉU disse...

Olá, Rosa Branca!

Há qto tempo! Está tudo bem, por aí?

Só, agora, reparei no comentário absurdo, estúpido, provocador e insultuoso k um anónimo ou anónima lhe deixou.
Não me diga, que ficou de autoestima caída, por uma treta daquelas? Continue, e nem pense nisso. Claro k eu sei k estas coisas aborrecem uma pessoa e quem comenta, não se mete, por receio de mta coisa ou por achar k isto só à Rosa Branca diz respeito, mas eu, como não tenho receio de não ter mais comentários, gosto de chamar os bois pelos nomes e não sou politicamente correta, como agora se diz, engraçado k os políticos dizem tudo uns aos outros e uns dos outros, não me calo, nunca, aliás, falarei até k a voz me doa.

Faça a poesia, que entender e k lhe der prazer e ensine, alerte a criatura no seu blogue, em Letras garrafais, para a Língua Portuguesa, k, por ele/a foi mto mal tratada. O vocábulo procima, escrito, desta forma? Bem, tb pode ter sido, propositadamente, mas há mentes k pensam!

Espero k esteja em férias, bem e feliz, tal com o seu filho.

Beijinhos.

Smareis disse...

Muito lindo! Gostei demais.
Você é uma super poetisa. Parabéns!
Uma boa semana!
Um excelente mês de setembro cheio de coisas boas
Um abraço e um sorriso!
Blog da Smareis

Maria Rodrigues disse...

Rosa, passei para deixar um abraço e um beijinho.
Maria

ONG ALERTA disse...

Lindo, bjbj Lisette.

Jaime Portela disse...

Estas férias do blogue não acabam mais...?
Fico à espera.
Rosa Branca, bom resto de domingo e boa semana.
Beijo.

Anónimo disse...

Saudade.
Seu nome e quanto tempo.
Lindo seus textos, como de antigamente.
Espero que estejas bem.
Meus votos de carinho e mimos.
Beijos.
Apegaua

Jaime Portela disse...

Para quando um novo poema?
Tu és poeta, vamos lá...
Amiga Rosa, tem uma boa semana.
Beijo.

mixtu disse...

se eu fosse poeta... escrevia o mar para me trazer a minha amada :)

Magia da Inês disse...

✿゚ه° ·.
Belíssima visão poética, belíssima visão de vida!!!
Boa semana, com tudo de bom!
Beijinhos.

⎝❀ه° ·.

Magia da Inês disse...

✿゚ه° ·.
O amor sempre encanta!...

Boa semana, com tudo de bom!
Beijinhos.

⎝❀ه° ·.

Odete Ferreira disse...

Aprecio imenso este género poético, quadras em redondilha maior, cantantes e deliciosas.
Bjinho :)