segunda-feira, 20 de julho de 2015

QUEM SOU


Pergunto-me quem eu sou
O que é que eu faço aqui
D'onde vim, p'ra onde vou
Porque ainda não parti

O porquê desta procura
Eu não encontro a razão
Navego na minha ternura
Nas ondas do coração

Das pedras deste caminho
Fiz amor para te dar
E de todo o teu carinho
Eu passei a respirar

Sou espelho da ilusão
Na pequenez do meu ser
Ou sou só um coração
Que sem ti não sei viver

Sou sonho que não vivi
Gémea de mim, desigual
Ternura que vejo em ti
Meu condimento, meu sal

Sou ave que em viagem
Procura o entardecer
Ou talvez uma miragem
Na aridez do meu ser.

16 comentários:

Jaime Portela disse...

Finalmente mais um poema.
E excelente, apesar da amargura que nele perpassa.
Gostei muito, continua...
Rosa, tem uma boa semana.
Beijinhos.

Mona Lisa disse...

Belo a melancólico poema.

A eterna procura de quem não se encontra!

Beijinhos.

Manuel disse...

Fiquei tão feliz que, quase, me esquecia de ler o poema.
É lindo mas o seu regresso é especial.

saudade disse...

Todos nós em determinado momento nos perguntamos quem somos?
Magnifico poema..
Beijo de...
Saudade

Daniel Costa disse...

Rosa Branca, saudades dos teus lindos poemas, como é o presente, que de fato, não é miragem, é sim lindo e cheio de suavidade.
Abraços

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Que bonito!... tristinho também como sentimento, mas acima de tudo, lindo como arte que é. Beijos.

Anónimo disse...

Veja lá se escreve alguma coisa que jeito tenha. Tanto tempo sem escrever e sai isto. Passar bem.

A.S. disse...

É sempre uma delicia ler-te...!!!
Tinha saudades!

Beijos,
AL

Catarina disse...

Olá!
Bonito poema.
:)

Zilani Célia disse...

OI ROSA!
QUANDO HÁ TANTO AMOR QUE NOSSA ALMA SE FUNDE COM O OBJETO DESSE AMOR.
ACHEI LINDO DEMAIS, ESCRITO COM A ALMA.
ABRÇS
-http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Magia da Inês disse...


Passei para uma visitinha.
Tantas perguntas... apenas uma resposta: poesia!...

Boa semana!!!
Beijinhos.ჱه° ·.
❤˚° ·.

Manuel disse...

As suas rosas continuam lindas e viçosas!
Boa semana.
Beijo

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, maravilhoso poema muito bem construído.
AG

Jaime Portela disse...

vim à procura de mais.
Reli o seu magnífico poema e continuei encantado.
Rosa, tenha uma óptima semana.
Beijinhos.

EU disse...

O eterno questionamento, próprio da inquietação das almas sensíveis.
Parabéns, amiga.
Bom voltar a ver-te por aqui!
BJO :)

mfc disse...

Enterneci-me com esta sensibilidade à flor da pele.
Beijos