segunda-feira, 10 de setembro de 2012

HÁ MARÉS


Há marés que me fascinam
Tal como as ondas do mar
E outras que me dominam
Nem me deixam respirar

Há marés que com o pranto
Se vestem de nostalgia
E tapam-se com o manto
Do riso e da alegria

Há outras que são desejos
Que se enleiam no ardor
E fazem duns quantos beijos
Um paraíso de amor

Há marés desgovernadas
Perdidas no vento norte
E fazem de suas nortadas
O vento da sua sorte

Há marés que com o vento
Se perdem na ondulação
E vivem cada momento
Com alma e coração

Também as há tão distantes
E prontas a descobrir
Na doçura duns instantes
A loucura do sentir

E são tantas as marés
Onde me encontro perdida
Que tenho de lés a lés
Amarradas a meus pés
As marés da minha vida.


36 comentários:

elvira carvalho disse...

Pois como diz o povo há mais marés que marinheiros. Nas nossas vidas desejam-se marés vivas mas calmas. Porém de quando em vez enfrentamos cada Tsunami...
Um abraço

edumanes disse...

Há marés com certeza
Ao mar ir e voltar
Também há muita beleza
E muito amor para dar!

Há rosas de várias cores
E cravos vermelhos
Há no campo muitas flores
Também há muitos desejos!

As marés de sua vida
Só você as poderá saber
Esteja sempre prevenida
Para das marés altas se defender?

Boa noite para você, e bons sonhos
Um beijo
Eduardo,

Eliakim Silva - Geoabrangência disse...

Nas marés da vida, é necessário estarmos atentos para as grandes cheias em dias tempestuosos, bem como a grande vazão em lindos dias de primavera. Tudo o que perdemos no vai-e-vem das Marés sempre volta para a gente, nem sempre da forma como esperamos, mas volta.
Lembrando ainda que o sopro de vida quando se entra em uma maré é sempre queimador e reavivador, se aprende muito, se ganha muito, se vive o suficiente. Adoro seus escritos ... beijos.

Vento disse...

magnifico rosa-branca, adorei
musical e ritmado.
beijo.

Andradarte disse...

....Creio que eu estou metido numa dessas marés...
Beijo

© Piedade Araújo Sol disse...

há marés e muitos mares, assim como se vislumbra no teu poema.

muito belo e real.

um beij

© Piedade Araújo Sol disse...

há marés e muitos mares, assim como se vislumbra no teu poema.

muito belo e real.

um beij

Sandra Subtil disse...

Lindo, lindo!
É o ciclo das marés a dar cor à vida.
Beijinho

maria selma disse...

Que lindo....
Enfrentamos muitas marés na vida....
Linda semana,
Beijos de luz

Pétalas de Poesia disse...

Olá minha amiga.
São muitas as marés da nossa vida, mas com a força do nosso querer e o desejo do nosso sentir, as venceremos.
Encontraremos assim, as tranquilas águas e navegaremos no doce amor e felicidade desejado.
Como sempre, bela a sua poesia. Parabéns.
Um abraço amigo.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Hoje passando para oferecer o meu selinho de 3 anos de blogue,uma fatia de bolo e uma taça de champanhe e agradecer o vosso carinho que foi o que me fez chegar aqui.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

O Profeta disse...

Sou um devoto fazedor de sonhos
Um homem que segue o destino
A minha sombra nem sempre me acompanha
Nem sempre acredito haver um ser divino

Nem sempre acredito que há coisas para acreditar
Nem sempre uma viagem tem um feliz fim
Já acreditei no imenso do sentir de gente
Que me disse sentir tanto por mim

São tão perfeitas as flores
Não morrem, apenas se despem das cores
Sou tão imperfeito nesta forma humana
São tão estúpidos certos sentries

Mágico beijo

Jota Effe Esse disse...

Lindo poema, meus parabéns. Meu beijo.

LOURO disse...

Linda postagem...Com um belo poema!!!

Beijnhos de carinho e amizade,
Lourenço

Janita disse...

Minha querida.
A vida é feita de marés, mas esta quadra reflecte a maré mais corrente do nosso quotidiano:

"Há marés que com o pranto
Se vestem de nostalgia
E tapam-se com o manto
Do riso e da alegria"

Quantas vezes rimos, com vontade de chorar?

Amiga, desta vez estive só 5 dias na Charneca, fui e vim com a minha filha. Levei os teus nºs de telefone mas o tempo não deu para nada. Também fiquei de me encontrar com um amigo, o que não aconteceu. Desta vez nada me correu bem, a começar pela saúde.
Se Deus quiser melhores dias virão e ainda nos vamos encontrar.

Beijinhos.

Janita



Evanir disse...

Boa NoiteAnjo Lindo.
Hoje venho agradecer o carinho deixado no meu blog pelo meu aniversário.
Agradeço a Deus por ter sua amizade e carinho muito tem me ajudado a romper
muitos momentos difícil pelo qual tenho passado.
A amizade é tudo nesses momentos conhecemos o carinho da amizade Sincera.
Beijos no seu coração.
Meu eterno agradecimento,Evanir..


Luís Coelho disse...

É dentro destas marés que sem notar vamos vivendo.
Alguns dias somos felizes mas outros mastigando e padecendo.

Versos com muita musicalidade e uma rima perfeita.

Manuel disse...

Deixei-me embalar nessas marés, senti o cheiro desse mar em que nos levou embalado na beleza destas quadras.
Bom momento de poesia.

Mona Lisa disse...

No meu "cantinho" tenho esta frase:

" A vida é como o mar com várias marés".

Temos que saber contornar as piores...

Beijos.

A.S. disse...

Há uma maré nas rimas do poeta
sempre mais intensa e mais secreta!


Beijos,
AL

Graça Pereira disse...

Que a maré cheia te traga tudo quanto o mar um dia te levou...
Belissimo poema.
beijo e um bom fim de semana.
Graça

MARIA DA FONTE disse...

Aqui temos maré e marinheiro. Gostei do seu poema, da forma e do conteúdo.
beijos

:.tossan® disse...

Teu ponto de vista, ai, sei lá...Pra mim é poesia pura. Beijo

Nilson Barcelli disse...

Gostei da maré das tuas palavras.
Fizeste um magnífico poema.
Rosa, querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa tarde!
Rosa!
... tudo muda e troca de lugar nessa vida, só não se pode se entregar e deixar a maré levar...
Obrigado pelo carinho da visita!
Bom domingo!Paz e luz!
Beijos

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Sensacional esse poema. Brincou com inteligência com as variações das marés... as marés que ocorrem dentro da gente. Beijos... parabéns.

Claudio Poeta disse...

Bela criação! - Abração

Nyce Pinto. disse...

Adorei! Muito lindo teu poema! Sim, há marés...

"Há marés que com o pranto
Se vestem de nostalgia.."

Um abraço e lindo domingo!

Daniel Costa disse...

Rosa Branca

O fuxo e o refluxo das marés, própriamente ditas, se, se espraiam mansamente, têm o condão de serem sentidas pela poeta, que nelas se inspirou, para escrever um poena deveras atraente.
Beijos

Rita disse...

Olá minha querida, bom estar aqui
de novo com você, vim te visitar e
dizer que na nossa vida temos muitas
Marés, mas é um poema lindo e vamos
seguindo em frente contra ela
Desejo um final de tarde cheio de alegria
Bjuss
Rita!!!!

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Mt lindo!

Everson Russo disse...

E vamos nos perdendo entre ondas da vida até encontrarmos o nosso porto seguro...beijos e uma bela semana pra ti amiga...

BELA FLOR. disse...

E são tantas as marés
Onde me encontro perdida
Que tenho de lés a lés
Amarradas a meus pés
As marés da minha vida.

Linda,linda sua poesia,parabéns minha querida amiga,beijos.



C@urosa disse...

O mar é sempre fantástico, misterioso e sempre nos traz uma sensação de desafio e prazer.Muito bom amiga rosa-branca. Parabéns.

forte abraço

c@urosa

manuela baptista disse...

às vezes nem sabemos se somos barco

ou gente


um abraço

Graciete Filipe disse...

Minha querida amiga, mais uma vez fiquei para traz; mas o mais importante não é vir sempre , é sim ter-te no meu coração e esse lugar ninguém te o tira.
Espero que as tuas mágoas já tenham passado e que a tua princesa esteja uma linda flor, e, que um dia ela reconheça a linda avó que tem e a saiba estimar, porque meu amor o futuro cada vez é mais incerto em tudo.
neste momento desejo que Deus te cubra com seu manto de luz e que nunca deixe que o anjo que ele te enviou para guardião feche os olhos nem um segundo e sempre te guie.
Beijinhos de luz e muita paz.