segunda-feira, 30 de julho de 2012

ESCONDI














Escondi meus olhos do mundo
Para ver se não sofria
Mas eu sei que lá no fundo
Mora a dor e a nostalgia

Escondi-os no firmamento
Ao luar do meu viver
Mas empurrados p'lo vento
Voltavam só p'ra te ver

Escondi-os dentro dos teus
E quando os fui buscar
Marotos dos olhos meus
Não mais quiseram voltar

Tantas vezes os escondi
No meu rio de saudade
Mas voltavam para ti
Sem nenhuma imunidade

Escondi de ti os meus olhos
Pois não quero que tu vejas
Que bailam neles aos molhos
A loucura que desejas

Escondi meus olhos atrás
Da janela escurecida
Para ver se sou capaz
De alcançar minha paz
E a transparência da vida.


47 comentários:

edumanes disse...

Teus olhos brilhantes
São flores coloridas
De mim tão distantes
Tristes noites dormidas!

Duas estrelas reluzentes
Que os meus encandearam
Em continentes diferentes
Quem nunca se encontraram!

Rosa Branca-flor
Tuas pétalas perfumadas
As dás ao teu amor
Todas as madrugadas!

Começo de boa semana,
um beijo
Eduardo.

Sandra Subtil disse...

Maravilhosa poesia!
O poder dos olhos de quem amamos é algo inexplicável...
beijinho

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Seriam mesmo, os olhos, o "espelho da alma"? Parece que sim...
Belíssimo poema encontrei, como sempre, nesta bela "roseira-branca"...

Beijinhos,
da lúcia

Rosa Branca disse...

Lindooo! Tantas vezes escondemos, mais por pouco tempo, apenas para recuperar as forças e lutar. Otima semana p/vc.

Rogério Pereira disse...

""A quadra é um vaso de flores que o Povo põe à janela da sua alma. Da órbita triste do vaso escuro a graça exilada das flores atreve o seu olhar de alegria. Quem faz quadras (...) comunga a alma do povo"

Foi Pessoa quem escreveu
Mas bem podia ter sido eu...

Mona Lisa disse...

Belo e sofrido poema.

O amor não correspondido.

Beijos.

Jorge disse...

Belo poema sobre olhares que atravessam um ser humano, encontrando assim o caminho para a alma.
Abrs
J

✿ chica disse...

Linda poesia, como sempre leio aqui!!beijos,chica

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Maravilhoso poema! Por vezes, para vermos algo, temos de esconder!
bj

Andradarte disse...

Há coisas que não se conseguem esconder.....E ainda bem.....
Beijo

Graça Pereira disse...

Lindo, lindo, minha querida!
A tua poesia tem o perfume das rosas e encanta-me sempre.
Beijo amigo
Graça

A.S. disse...

Teus olhos, não os escondas
pois quero vê-los brilhar
no doce bailar das ondas
beijadas pelo luar!...


Beijos,
AL

Nilson Barcelli disse...

Mais um excelente poema. E bem ao teu estilo, que é inconfundível.
Beijo, querida amiga.

manuela barroso disse...

Numa espetacular poesia uma imagem que define o peso do olhar!
A tua poética é sedutora, Rosa-Branca!
Beijinhos

Manuel disse...

Pode ter escondido os olhos mas, felizmente, não escondeu a inspiração.
Bonito poema com dois lindos olhos a ilustrarem essa beleza.

Evanir disse...

Quando bate a saudade sempre dou meu gentinho
de fazer minha visita .
Mesmo sendo uma colinha é o único geito
de me sentir pertinho de você.
Quero que saiba que sempre vou amar cada um de vocês
embora minha tristeza é grande em não poder comentar .
Creia leio todas as postagens e guardo no meu coração.
Quem sabe depois da cirurgia alguma coisa melhore ,
mais isso já é com Deus fé eu tenho e muita.
Um beijo no coração,Evanir..

BlueShell disse...

Lindíssimo e terno...escondi meu olhos...de tanta coisa...
Desculpa minha ausência ....a minha mãe tem andado doente e eu tenho andado longe dos blogs...
Desculpa...
Um beijo terno...

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

Olá minha doce amiga, mais um dos teus lindos filhos de alma e coração.
Como nós somos parecidas vamos sempre buscar e dar vida às coisas que já estão mortas e enterradas.
É esta a nossa maneira, eu adoro os teus poemas, como eu gostava de ser assim dar vida, e vida aos meus sentimentos.
Desjo que estejas a passar momentos um pouco mais leves, e não deixes nunca meu amor que fassam sofrer, deixo para ti os meus beijinhos de luz e espero que eles iluminem o teu caminho para que nunca te percas de mim...

Jorge Pimenta disse...

olhares e fugas: verdades que caem no chão, vazias...

beijinho, querida amiga!

Mary disse...

Olá! quantos poemas e imagens lindas...Flores coloridas
De mim tão distantes...Só me resta uma grande saudades!!!

bjos e brigada pela visita e comentário.

© Piedade Araújo Sol disse...

poema com quadras muito bem rimadas.

gostei!

obrigada!

beij

Pedrasnuas disse...

ADOREI-OS!!!! :)))
(Muito bem escrito!)
Ricos Olhos os teus!!!Nunca os escondas de ninguém!!! Mostra-os a toda a gente!!! Beijinhos :)

:.tossan® disse...

Tens a grandeza da poesia, sorte minha que posso apreciar. Beijo

Braulio Pereira disse...

olá minha amiga querida

feliz verâo para ti tanbem

obrigado. cuida-te



beijos com carinho!

Mary disse...

Passando pra te desejar uma ótima quinta feira.

bjos

Sonhadora disse...

Minha querida

Por mais que nos encondamos tudo o que somos vai connosco.
Lindo como sempre ler-te.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Rita disse...

Sempre postando poemas bonitos
e que eu adoro
parabéns sempre
Bjuss
Rita!!!

Daniel Costa disse...

Rosa

Quem seria capaz de esconder sentimentos de amor. Um bom poema, como o teu, só disfarçar, ou mostar mais o deslumbado fingimento.
Beijos

MARIA DA FONTE disse...

Lindo o teu poema, cheio de musicalidade e conteúdo. Beijinho grande

manuela barroso disse...

...e voltei para reler a maravilhosa poesia e estes olhos!
Abraço
Boas férias!

Evanir disse...

Hoje com o coração muito apertado
com a alma triste pelo afastamento
do menino poeta enamorado da (LUA)
Um poeta que conta as estrelas
da sua janela .
Vai deixar uma grande lacuna não só
no meu coração.
Mais a todos que ama seus poemas
e o carisma que trata todos nos.
Minha homenagem ao meu maior idole
esta na postagem.
Vai se afastar sim:deixando seu livro
um grande legado para quem conseguiu um exemplar.
E seu exemplo que jamais vou esquecer
Como esquecer de quem tanto me apoia
de quem eu tanto amo.
Virei poeta para homenagea-lo .
Um abençoado final de semana beijos paz e luz.
Evanir..

vieira calado disse...

Força! Há-de conseguir!

Beijinho para si!

Vento disse...

tão lindo o teu poema de amor, Rosa Branca.
e por vezes...
por vezes é assim:

não voltam mais os olhos
e nem o coração...:)

beijinho, Rosa Branca
bem vinda no canto do vento.

Álvaro Lins disse...

Já nada mais posso dizer:)!
Apenas deliciar-me com os teus versos!
Bjo

Magia da Inês disse...

¸.•♫°`♡彡

Do amor não adiante se esconder, ele sempre nos encontra...

Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil
¸.•♫°`♡彡✿⊱╮

Maria Rodrigues disse...

Lindo! Quantas vezes escondemos atrás de um olhar uma alma sofrida.
Bom fim de semana.
Beijinhos
Maria

Rita disse...

ミ◕‿◕ミ.:。♡_♡.:。 ★♡‿♡★ ミ◕‿◕ ミ(✿‿✿) ミ
Olá boa tarde !
Bom final de semana
Um abraço bem carinhoso
Bjuss
Rita
ミ◕‿◕ミ.:。♡_♡.:。 ★♡‿♡★ ミ◕‿◕ ミ(✿‿✿) ミ

Nilson Barcelli disse...

Passei para reler e para te desejar um bom fim de semana.
Beijo, querida amiga.

Suzane Weck disse...

Ola Rosa Branca ,que beleza de poesias e de imagens.Fiquei encantada.Tenhas um ótimo domingo e meu grande abraço.

LUZ disse...

Olá Rosa Branca,

Não vale a pena esconder, porque "os olhos são a janela da alma".

Bom Domingo.

Beijo da Luz.

Isabel Silva disse...

Amiga, vim agradecer e retribuir sua visita.
Sua poesia é muito bonita e com boa rima.
Parabéns

Lídia Borges disse...

Versos maravilhosos, plenos de romantismo e harmonia.
Sobressai o ritmo vivo que torna a leitura muito, muito agradável.


Parabéns!

Luís Coelho disse...

Lindos versos brincando com os olhos do amor. São eles que nos encantam e nos fazem voltar na busca de entender o que ninguém consegue dizer.

LOURO disse...

Olá Rosa Branca!

Escondi de ti os meus olhos
Pois não quero que tu vejas
Que bailam neles aos molhos
A loucura que desejas

Perfeito casamento,imagem e um poema sublime...

Beijinhos de carinho e amizade,
Lourenço

O Profeta disse...

Heranças frias caem como presentes
Uma árvore morreu, sem nada dizer
Uma palavra ficou perdida no chão da rua
Uma última palavra que nunca será tua

Uma menina feliz chega a mim pelos seus pés
Vinda de um mundo desenhado na ilusão
Trás uma grinalda de flores de sangue
Colhidas a um ferido coração

Convido-te a tocar e ler o “Meu muro das tentações”


Doce beijo

O meu pensamento viaja disse...

Adorei a capacidade destes olhos.
Beijo da Nina

Maria João Brito de Sousa disse...

Gosto muito das tuas redondilhas, Rosa Branca!
Sabes o que eu penso? Penso que são bem mais difíceis de se conseguir do que aquilo que a maioria pensa... muitos as desprezam sem perceberem o muitíssimo de que elas são capazes...
Abraço grande! :)