sábado, 25 de fevereiro de 2012

É NO CAIS DO TEU OLHAR

É no cais do teu olhar
Que vão atracar os meus
Quando te querem roubar
Toda a loucura dos teus

É no cais do teu sentir
Que a minha alma deitada
Faz teus desejos abrir
Na sedosa madrugada

É no cais da solidão
Que me sinto naufragar
Quando esse teu coração
Está longe deste meu mar

E se entro no da amargura
Este meu mar se agita
Se revolta e até grita
P'lo mar da tua ternura

Pode ser tarde à partida
Mas virás a todo o vapor
Para atracares de seguida
Neste cais do meu amor

E é no cais do teu olhar
Que minha vela vai abrir
Para em ti desfraldar
No sal do teu ondular
As marés do meu sentir.

32 comentários:

A.S. disse...

Há um cais no olhar que nos acolhe em todos os temporais... é um porto de abrigo sereno e seguro escondido do vento!

Beijos,
AL

Mona Lisa disse...

Belíssimo poema onde li/senti o reencontro do amor partilhado.

Beijos.

MIESFE - 64 disse...

Una hermosa poesía a sido un placer leerla
Un abrazo

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Bom dia!
Quanta beleza há nas suas palavras,todas colocadas com muita harmonia.Linda poesia.
Grande abraço
se cuida

Nilson Barcelli disse...

No cais dos sentimentos é onde as marés do amor melhor se acomodam...
Magnífico poema. Gostei imenso.
Rosa, minha querida amiga, tem um bom domingo e uma boa semana.
Um beijo.

Francy´s disse...

No cais das tuas palavras vim aqui para saborea-las.
E agradecer a visita ao Estação Zero, e mais uma vez agradeço por estar lendo tuas palavras.
belo final de domingo.

Faniquito disse...

Oii, minha rosinha linda e sensível !!!

Que linda poesia...e as vezes o nosso sentir passa por tantas marés,né.:)

Sei que tu não foi por causa do sorteio pois é minha amiga , estou bem,graças a Deus, morro de calor nesse verão senegales, mas tÔ bem!!! Só que tem uma coisa...vc já está concorrendo.hehehe Decisão minha.E nem adianta retrucar.hehehe

Beijinhos

Ana

Machado de Carlos disse...

Ah, amor, esta ternura. Espero sempre diante do mar a chegada. Talvez ela chegue à madrugada. Será o encontro de alma unidas na mesma loucura.
Beijos!...

Evanir disse...

Tem momentos da minha vida que me sinto impotente
em expressar meu carinho e gratidão que sinto por cada amigo e amiga
que de certa forma faz parte do meus dias.
Sou uma pessoa que vive a vida fora da net sem muitas amizades
no longo periodo de restabelicimento me recolhi
para dentro de mim mesma preferindo o amor e carinho que recebo no meu blog.
È um mundo fascinante onde sinto que pode existir amor verdadeiro
e me sinto acarinhada a cada visita para mim é um afago na alma.
Como agradecer tudo isso eu não sei apenas uma palavra posso dizer.
Eu Amo Cada Um De Vocês.
Já esteve nos meus planos deixar meu blog por falta de entendimento por levar cola
essa fase ainda tento me recuperar por sempre alguém ainda fazer criticas.
Recebi conselhos de toda parte para mim ser aquilo que sempre fui
estou seguindo o conselho recebido do Brasil e Portugal .
Uma amiga de Portugal foi fundamendal para mim não deixar
meu blog onde conquistei muitas amizades solidas.
Hoje no meu recolhimento esperando aquilo que tenho por vir ainda
mais minha fé diz que vou vencer.
A Luz que recebi desse mundo virtual tem a potencia de iluminar o Mundo
quanto mais os dias meus.
Como meu blog não tem fronteiras blogueiras e blogueiros de outos
Paises também muito me ajudou para que hoje eu esteja firme e forte.
Pronta para começar minha nova etapa que esta por vir.
Longo foi meu recado imagine tamanho do amor
que sinto por você que teve a gentileza de ler tudo isso.
Uma semana na paz e na luz.
Com carinho eterno..Evanir.

Joana e Sofia disse...

Olá amiga

Maravilhoso poema.
Boa semana
Beijos
Joana e Sofia

fabiofan disse...

Que coisa linda é como um vinho do Porto suave, deixando um sabor que tonteia nossa mente que beleza.

EL AVE PEREGRINA disse...

Roseira, fermoso poema donde o amor ondea como bandeira.
Quédome con :

"É no cais do teu olhar
Que vão atracar os meus
Quando te querem roubar
Toda a loucura dos teus"

Unha aperta, dende Galicia.

SOL da Esteva disse...

Rosa, Querida

A âncora e o cais, são dois meios de segurança.
Quem ama sente-se preso desses dois elementos.
Lindo Poema de Amor.

Beijos

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.com/

Fernanda disse...

O amor sempre se ancora num cais aconchegante.

Belo poema.

Beijo

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

Minha querida já tinha sentido muito a tua falta , mas sei que por aí as coisas não vão muito bem, mas por aqui idem, idem, aspas, aspas, o desgraçado do condor tem sobrevoado por cimas de todos os quotas.
Amiga como sempre os teus poemas são maravilhosos , acho que isto é a consolação que me resta, desejo grandes e rápidas melhoras para todos que se encontram em sofrimento.
Beijinhos de luz e paz na alma...

Jorge Pimenta disse...

nenhuma viagem se faz sem a convicção da existência do cais. mesmo que apenas do outro lado do horizonte e deste lado da utopia.

beijinho, querida flor!

Santa Cruz disse...

Rosa: Esse cais deve ser eterno, lindissimo poema és um poetisa com lindos sentimentos.
Beijos
Santa Cruz

as-nunes disse...

Uma descrição perfeita duma rosa branca a renovar o seu florir, a vogar ao sabor das águas até atingir o seu porto de abrigo.

Como sempre, um belo poema

António

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

No olhar
de quem amamos,
gostaríamos
de permanecer
para todo
o sempre...


Que sempre existam
sonhos a habitar teu coração.

BlueShell disse...

O cais da solidão está mais perto quando o nosso amor está longe...
Belíssimo!
BJ

Everson Russo disse...

Que esse amor atraque num porto seguro de paz e serenidade entre versos e sonhos reais....beijos de bom dia pra ti.

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre belo ler a tua alma e encontrar-me dentro dela.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Magia da Inês disse...

É no cais da sua poesia que quero ancorar... nessa delicadeza de expressões e de sentimentos.
Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil.
♥ •˚。
°° 。♥。
●/ ♥•˚。˚
/❤
/ \ 。˚。♥

Simone MartinS2 disse...

E como vento eu me atraco
em teu cais para quem sabe
te ver sorrir e tua calmaria
ver chegar e ficar em teu mar!

Adorei, voce escreve como poetisa verdadeira com versos assimetricos e poeticos...Quem sabe um dia, aprenderei a escrever assim...Bjinhos magicos
Ah, obrigada pelo seu carinho me visitando...obrigada!

Pedrasnuas disse...

Condessa,qualquer conde sente-se tentado a atracar nesse cais...e aguardar que a vela se abra...e faça ondular as marés sedutoras do teu sentir... Querida flor branca...um beijinho todo meu:))) com muito carinho .

Tétis disse...

Olá Rosa-Branca

Um lindo poema com um suave, terno mas vigoroso expressar de sentimentos.

Parabéns por toda esta beleza. Foi um prazer visitar-te e "redescobrir-te".

Beijinhos

Lídia Borges disse...

A ideia de um amor que é viagem de enontro, num cais de encantamento.

Um beijo

Obrigada!

Pedrasnuas disse...

Minha roseira ...aqui entre nós...só entre nós:))) vou tentar fazer uma experiência idêntica à que viste no vídeo....é arriscado, porque nunca fiz nada semelhante...mas ...não custa tentar...dependendo dos resultados deixarei num dos "sítios" costumeiros.

Beijo carinhoso linda roseira:)))

Sandra disse...

BOM FINAL DE SEMANA.
COMO VOCÊ ESTÁ??
PASSEI PARA DEIXAR MEU CARINHO.

"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram,
mas na intensidade com que acontecem.
Por isso existem momentos inesquecíveis,
coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis".
(Fernando Pessoa)

CARINHOSAMENTE,
SANDRA

Daniel Costa disse...

Rosa Branca

Há cais onde pode ser salutar esperar. Ali desembarcará sempre um olhar que sabemos distinguir.
Beijos

Maria disse...

No cais destes magnificos versos naveguei até para além do horizonte. Lindo!!!
Bom domingo
beijinhos
Maria

BELA FLOR. disse...

Boa tarde,ola amiga,linda poesia,parabéns!
Beijos