quinta-feira, 2 de junho de 2011

SAUDADE




Desliza suavemente
Pelas maçãs do meu rosto
Uma gota fina e quente
Com ternura e sem desgosto

Desliza leve indolente
Com certeza p'ra regar
O chão que tem a semente
Que a vai fazer germinar

Passa vales sobe montes
Sem medo de se perder
Escala os horizontes
À procura de te ver

Caminha agora sombria
Cansada de procurar
Fica gota grossa, fria
Na secura do andar

Adormeceu ao relento
Na areia junto ao mar
Até que chegou o vento
E a fez assim acordar

E a saudade em gota a rolar
No meu rosto com ardor
Leva os dias a chorar
Tem saudades de te amar
E, de te abraçar meu amor.

23 comentários:

LEXIS disse...

É assim a saudade, parece que nos mata, mas no final dá-nos força para seguir.
beijos

Andradarte disse...

Há mais....carregando dessas saudades...
Belo poema....
Beijo

Runa disse...

A saudade é aquilo que sobra dos momentos em que nos visitou a felicidade...

Beijos

Runa

Mona Lisa disse...

Olá

´Sofrido e tão BELO!

Saudade palavra triste, quando se perde um amor...

Bjs.

aveiro meio sal disse...

Minha cara amiga, Poetisa do Amor;
Mais um belíssimo poema de amor, cantado como ninguém canta.
Adorei.
Um beijo com carinho.

Alvaro Oliveira disse...

Boa noite, amiga Rosa Branca

Finalmente, estou de regresso para ficar.
Linda esta Saudade. Como sempre, nos brinda com seus belos poemas.
Beijinhos
Alvaro

Nilson Barcelli disse...

É tão bonito o teu poema de amor.
Do princípio ao fim... gostei imenso das tuas palavras.
Querida amiga Rosa, bom fim de semana.
Beijos.

Sonhadora disse...

Minha querida

Um belo poema...nostálgico, mas a saudade é assim.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Ricardo Miñana disse...

Muy bonita la poesía llena de ternura
me gustan tus pensamientos, te sigo.
feliz semana.

Luís Coelho disse...

Uma gota de saudade, pequena no tamanho mas grande no seu efeito.

Enche-nos o peito de calor vivo e de amor repartido.

Saudade é vida que queremos partilhar

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Lindo o percurso que deu a essa gota de lágrima! Parabéns pela forma bela como escreve!

Fernanda disse...

Pois é amiga Rosa, a saudade!

Muito belo o poema.

Beijinho

joaquimdocarmo disse...

Rosa Branca, amiga querida
Que lindo poema de amor! A que até essa lágrima, rolando pela face, sendo notícia triste, dá beleza!
Beijinho

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Saudades eu também as tenho
pois só peço que me escute
vem visitar os amigos
e deixa um pouco facebook.

Querida eu sei que quando entramos nos joguinhos das quintas nos esquecemos dos blogues.
Mas meu amor tenho saudades das tuas frases tão belas, beijinhos de luz e paz na tua vida.

Alma Mateos Taborda disse...

Un poema bella y lleno de nostalgias. Recuerdos que dan golpecitos en el alma. Muy bello. Un abrazo.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Rosa!

Saudade em forma de gota salgada que teima em escorrer, e não aceita parar até encontrar esse alguém que a possa secar.
Está lindamente dito; saudade é coisa que faz, mesmo, doer...!

Beijinho, bom fim de semana.
vitor

A.S. disse...

Ah!... que delicia!
Lindo poema... cada palavra é uma doce caricia!


Beijos meus,
AL

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Minha doçura, hoje só venho deixar o maior e mais apertadinho abraço de amiga que jamais se vai esquecer desta poetiza linda.
Beijinhos de luz e muita paz no coração...

Nilson Barcelli disse...

MInha amiga, passei para te desejar um bom fim de semana.
Beijos.

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Minha querida e doce amiga
que me trazes alegrias
não te chamei à atenção
para teres de vir todos os dias

tua presença carinhosa
faz de mim uma felizarda
como é bom ler os teus versos
minha amiga tão amada

tua doce inspiração
que tão bem sabes mostrar
terás no meu coração
um lugar pra repousar

neste lindo domingo de sol bem Português te envio os meus beijinhos de luz e paz em tua vida.

SOL da Esteva disse...

Rosa Branca

Os caminhos das lágrimas são as rotas que o Coração risca, para regar a Saudade e o Amor separado ou distante.

Beijo
SOL da Esteva
http://acordarsonhando.blogspot.com/

Adelaide disse...

VIM CHEIRAR A ROSA BRANCA E LER UM BELO POEMA. TENHO AINDA MUITOS PARA LER.

BEIJINHOS
ADELAIDE

Jorge disse...

Bom dia poeta, vim ti ler.
Saudade, argumento da poesia que a alma usa para se expressar.
Ficou lindo, amei.
Saude e paz.
JC.