segunda-feira, 27 de setembro de 2010

FANTASIA DA VERDADE



Fantasiei a saudade
Mascarei-a de doçura
Depois vesti a maldade
Com lacinhos de ternura

Mascarei a solidão
E dei-lhe por companhia
Um belo de um coração
Que um poeta não queria

Á morte vesti-a de vida
Dei-lhe dias p'ra contar
E até dei à despedida
Uma chegada ao luar

Vesti então a ousadia
De sonhos que não são meus
Maquilhei a luz do dia
Com a luz dos olhos teus

Desfiz na água do mar
O mel, da tua doçura
Tomei banhos p'ra ficar
A transbordar de ternura

Quis mascarar-me por fim
E vi que na realidade
Estou mascarada de mim
Fantasia da verdade.

26 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

É muito difícil despirmos de nós mesmos. Mesmo mascarados, sempre seremos nós.
Bjux

Luís Coelho disse...

Um poema em quadras simples mas cheias de ternura e encanto o que lhe confere maior beleza e também
musicalidade.
Dentro daquilo que somos e vivemos tambem precisamos de uma mascara para saber viver e estar nesta sociedade.

Alvaro Oliveira disse...

Amiga Rosa Branca

Tenho lido neste espaço, belos poemas. No entanto, de todos quantos li, este me marcou de forma especial, que nem eu sei explicar.
Apenas duas palavras o definem: simplesmente belo.

Lhe desejo uma boa semana

Beijos

Alvaro

Andradarte disse...

Maquilhei a luz do dia
Com a luz dos olhos teus

Nem preciso destacar, pois é realmente
todo ele belo...
Beijo

Nilson Barcelli disse...

Mais um belo poema, onde as tuas palavras e a tua rima correm fluidas da primeira à última linha.
Gostei muito, querida amiga.
Um beijo.

Maria Soledade disse...

Um belo poema sem dúvida!Há momentos da nossa vida em que precisamos de mascarar-nos até como forma de defesa.

Muito bonito, muito bem composto...

Beijinhos

Everson Russo disse...

Que essa verdad seja plena,,seja eterna,,,seja amor...beijos de bom dia.

carlos pereira disse...

Minha querida amiga;
Poema, simplesmente, LINDO.
O eterno amor, aqui, tão bem cantado com rimas e palavras perfeitas.
Continuarei, seguramente, a lê-la.
Um beijo.

Faniquito disse...

Oii, minha amiga de alma linda !!!

Menina, que quadras lindas e sinto que falas o que de fato sentes. Me emocionei.As "imagens" que as tuas quadras proporcionaram...ameiii!!!

Muitos beijinhos dessa que te admira

Ana

A.S. disse...

Rosa Branca...

É tão ténue a linha que separa a fantasia da realidade...


Beijos
AL

Sonhadora disse...

Minha querida
Um lindo poema como sempre, escrito com os sentimentos à flor da pele.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

MIUÍKA disse...

Amiga,devo-te um comentário,desculpa.
O teu blog continua a fazer sonhar e esquecer o que temos á nossa volta,és amorosa.
Para ti um beijão...Miuíka

Vitor Chuva disse...

Olá Rosa Branca!

Linda combinação de jogo de palavras com fina poesia; consegue brincar com o duplo sentido das mesmas de forma deliciosa!

Muito bonito!
Beijinhos.
Vitor

♥.•:****-franciete-****:•.♥ disse...

Minha querida meu poema
onde vais fantaziadinha
não queiras ser assocena
serás sempre rosa branquinha

com todas as fantasias
sem que mudes de endereço
se eu passar por ti um dia
será que eu te conheço.

Beijinhos de luz e paz

♥.•:****-franciete-****:•.♥ disse...

Querida amada adorei teu poema, assim como todos, com estes poemas tão lindos por andam os poetas deste pais que não vêem estas maravilhas.
Tenho cá para mim que um destes dias alguém aparece por ai a canta-los como se fosse seu autor.
Beijinhos linda

Mona Lisa disse...

Olá

Adorei o teu poema.
Vi nele a minha vida em que junto a fantasia à realidade...

Bjs.

Maria disse...

Lindíssimo poema.
Tenha um maravilhoso fim-de-semana
Bjs do tamanho do infinito
Maria

Sonia Schmorantz disse...

Excelente, adorei!
beijo

Beatriz Prestes disse...

Jamais fugiremos de nós....de tudo quanto nos habita!!
Lindo demais!!
Beijo carinhoso
Bea

Tére disse...

Olá amiga! Como sempre mais um lindo poema. Deixas-me sempre a pensar, isso é bom, só prova que escreves com sentimento. Bjs

Nilson Barcelli disse...

Vim à procura de mais...
Bom resto de semana, querida amiga.
Beijos.

quicas (joaquim do carmo) disse...

Lindo poema, amiga! Permito-me salientar por gostar especialmente:
"...Desfiz na água do mar
O mel, da tua doçura
Tomei banhos p'ra ficar
A transbordar de ternura..."
Boa noite. Beijinho

MIUÍKA disse...

Se os teus poemas são para sonhar,então sonhemos.
Um beijão da amiga...Miuíka

Vozes de Minha Alma disse...

Minha amiga, tem rima, tem versos, tem poema.
Tem a essência da rosa no poema.
Um abraço, beijos.

poetik disse...

Eu que não gosto de máscaras gostei desta...


kiss

Isa disse...

Acredita que já senti esse mesmo desejo que tu!
Despir-me do que sou e ser uma outra Mulher.
Alguém que ainda fosse capaz de amar perdidamente!Por exemplo...
Adorei o poema.
Beijo.
isa.