segunda-feira, 23 de agosto de 2010

NAS ONDAS DA MADRUGADA



Nas ondas da madrugada
Velejei até mais não
Numa saudade ancorada
Dentro do meu coração

Vesti as ondas do mar
Com vestes do meu lamento
Naveguei no firmamento
Até o Sol acordar

Em sonhos feitos espuma
Eu lavei o meu sentir
Fiz confidências à bruma
Para mais ninguém ouvir

E na fragancia do mar
Dissolvi minha amargura
Lavei também o olhar
No sal da minha ternura

Mas se á noite eu chegar
Sem mágoas e com ardor
Á praia te vou esperar
Pois quero ver o luar
Nos teus braços meu amor.

21 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida
Lindo o teu poema, sentido.

Em sonhos feitos espuma
Eu lavei o meu sentir
Fiz confidências à bruma
Para mais ninguém ouvir

Adorei

Beijinhos
Sonhadora

C@urosa disse...

Olá querida amiga, que lindo! O mar belo, sonhos mágicos e a madrugada de tantos amores. Parabéns.

forte abraço

C@urosa

Wanderley Elian Lima disse...

Lindo e romântico, ver o luar nos braços do amor, é tudo.
Bjux

Daniel Costa disse...

Rosa Branca

Maravilhoso poema! O romantismo flutou bem nos teus versos.
Beijos

Everson Russo disse...

Eu tambem quero esse luar nos braços do meu amor,,,as ondas da madrugada nos levam a tantos sonhos,,,desejos,,,planos,,,,cada caminho é uma vontade louca de sermos felizes....beijos de lindo dia pra ti querida.

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Belíssimo! Vê,lê,já... suave e mágica jornada... ;)

Maria Luisa Adães disse...

Rosa Branca

já a encontrei no meu poema "Venho de Longe"
e agradeço sua amizade e simpatia pelo que escrevo.

Lindo este seu poema,
escrito com a espuma
das ondas do mar.

Espero que encontre o seu amor
nesse mar e o possa abraçar e amar.

Romântico e belo!

Mª. Luísa

Tére disse...

Adorei amiga. Beijos.

Vento disse...

Não existe nada que possa dizer que seja tão belo como o que acabei de ler.

Parabéns

Nilson Barcelli disse...

Dos mais belos, se não o mais belo, poema de amor que já escreveste.
Excelente, querida amiga. Gostei imenso das tuas palavras feitas verso.
Beijos.

Machado de Carlos disse...

Belíssimos são teus versos que falam à alma e ao coração!
Estive neste lugar, e neste lugar fiquei a contemplar teus versos e as belezas da tua página, feita sempre com amor e carinho!
Obrigado pelo encanto de tua visita!
Beijos!...

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Um poema gracioso, Rosa.Lindo demais.beijos

MIUÍKA disse...

Obrigada amiga,pela passagem pelo meu blog,em dia de aniversário,gostei muito.
Um beijão...Miuíka

Everson Russo disse...

Beijo carinhoso de bom dia pra ti querida.

armalu disse...

Parabéns pelo lindo verso de amor. Adorei conhecer-te.bj

sonho disse...

Hummm...como é belo ver o luar...nos braços do nosso amor...:)
Beijo d'anjo

Amor feito Poesia disse...

Não fiques em terreno plano.
Não subas muito alto.
O mais belo olhar sobre o mundo
Está a meia encosta.


Friedrich Nietzsche

Um Domingo de amor & Paz...Beijos!

Alvaro Oliveira disse...

Amiga Rosa Branca

Belo, este sentido poema Nas Ondas da Madrugada.

Vesti as ondas do mar
Com vestes do meu lamento
Naveguei no firmamento
Até o Sol acordar.

Simplesmente maravilhoso.

Beijos

Alvaro

Nilson Barcelli disse...

Vim à procura de mais... mas não há...
Falta de inspiração ou de tempo? Ou férias...
Querida amiga, boa semana.
Um beijo.

Graça disse...

Gostei imenso, querida Rosa, do amor assim dito...


Um beijo imenso de carinho.

Daniel Savio disse...

Engraçado que as vezes a madrugada nós dá tanta inspiração, principalmente quando olhamos a lua...

Fique com Deus, menina Roseira Branca.
Um abraço.