terça-feira, 13 de maio de 2014

VOU DAR-TE A LIBERDADE

























Não te dou a liberdade
Porque me estás a prender
Com algemas de saudade
E me deixas a sofrer

Não te a dou porque agora
Já não consigo arrancar
Do meu peito esta demora
De te ver e de te amar

Liberdade não vais ter
Talvez se um dia então
Contigo eu vá viver
Dentro da minha prisão

És um anjo que ao voar
Com asas de tanta doçura
Consegues em mim limar
O sentido d'amargura

És alma repleta d'amor
Aberta de par em par
Que me acalenta a dor
E até me faz sonhar

Vou dar-te a liberdade
Para podermos abrir
O cofre da minha saudade
Com a chave do teu sentir.


52 comentários:

✿ chica disse...

Linda e essa liberdade é necessária! beijos,linda semana,chica

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Que lindo!
Quanta doçura em seu poetar, declamei para o meu bem, ele também gostou muito.
Um beijo em seu coração doce amiga.

Ricardo- águialivre disse...

Poema super belo onde o AMOR vibra em paixão

Deixo cumprimentos
*****************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Graça Pereira disse...

Há liberdades que nos abrem as portas da prisão do amor...e entramos nela porque queremos!
Gosto de te ler e ficar depois a pensar...
Beijo e boa semana,
Graça

Mona Lisa disse...

Solta as amarrar e ama com liberdade!

Assim deve ser o amor!

Magnífico poema.

Beijinhos.

Rui Pascoal disse...

"Liberdade liberdade, quem a tem chama-lhe sua..."

http://letras.mus.br/vitorino/495993/

EU disse...

Nunca é fácil largar mão do que se ama. Contudo, só devolvendo a liberdade de escolha é que se pode saber se esse algo nos pertence.
Gostei de ler, amiga Rosa
Bjo :)

Simone Felic disse...

A saudade é algo bom , que ao mesmo tempo doi.
bjs
http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

© Piedade Araújo Sol disse...

a saudade e o amor muito bem rimados!

:)

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Rosa!

Coração dividido entre dois quereres, e sem saber a qual seguir...neste bem construído jogo de palavras, em forma de bonito poema.

Beijinhos e bom fim de semana.
Vitor

manuela barroso disse...

Com a saudade a doer, as palavras soltam-se, o coração arde, e a poesia intensa nasce.Como esta, Roseira-branca!
Muito bela
Beijinho grande

São disse...

A foto é linda e do poema também gostei.

Quanto à Liberdade é sempre bom nem a perdermos nem privarmos dela seja quem for :)

Beijinhos e bom domingo

SOL da Esteva disse...

Uma grande harmonia entre o "prender" e o "libertar"; nem aparentam acções de oposição.
Lindo.Suave.


Beijos


SOL

Nilson Barcelli disse...

Mais um belo poema de amor.
Gostei, é forte e muito bom.
Tem uma boa semana, querida amiga Rosa Branca.
Beijo.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Há quem acredite
que o amor
se alimenta do outro.
Acredito
que o amor
se alimenta da liberdade...

Reencontrar sonhos,
é reaprender o sentido da vida.

Lídia Borges disse...


Gosto muito deste "jeito"
tão nosso de versejar
Dar às dores do coração
Um certo e singelo cantar

Um beijo

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde,
Poema lindo escrito com a alma repleta de amor, parabéns pela sua maravilhosa poesia.
Dia feliz
ag

Manuel disse...

Tanta paixão neste lirismo.
O amor é, na verdade, uma grande inspiração.
Bonito poema!

Emília Pinto disse...

Hoje venho especialmente para te agradecer a visita ao Começar de Novo. Espero que tenhas gostado e voltes mais vezes. Já me fiz tua seguidora e voltarei com toda a certeza. Gostei muito da tua poesia, amiga! Um beijinho e até breve!
Emília

© Piedade Araújo Sol disse...

boa semana.
um beijo

:)

Andradarte disse...

É tão bonito ter liberdade....
só que nem todos a sabem viver....
Gosto de ler sempre os seus versos...
Abraço..

Miguel disse...

Querida amiga
Vou viajar. Estarei ausente por dois meses, no mínimo.
Sempre que tiver oportunidade irei ao meu blog e farei visitas tanto quanto for possível.
Tenho no «DEUSA» um post de despedida.
Tenho que usar este esquema de “copy & paste” porque não tenho tempo para me despedir de cada pessoa individualmente.
Deixo um beijo amigo e um “até sempre”.
Miguel

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Que belo espaço aqui, encontrei.Gostei muito de ler seus escritos inspirados na alma. Seu poema nos fala da liberdade ,mas ao mesmo tempo nos amarra com a corrente da saudade, da paixão e muita sensibilidade mesclada de sensualidade. Parabéns! Grande abraço!

Zé Al disse...


Obrigado pela visita ao meu blog e desejo que vá gostando das telas que vou apresentando.
O seu blog é maravilhoso,dou-lhe os meus sinceros parabéns.
Um abraço amigo.

Zé Al disse...


Obrigado pela visita ao meu blog e desejo que vá gostando das telas que vou apresentando.
O seu blog é maravilhoso,dou-lhe os meus sinceros parabéns.
Um abraço amigo.

mfc disse...

A liberdade linda de amar tem que acontecer sempre!
Um lindo poema de liberdade e de amor (não existem um sem o outro).
Beijinhos.

Elvira Carvalho disse...

Vou dar-te a liberdade
Para podermos abrir
O cofre da minha saudade
Com a chave do teu sentir

Adorei esta quadra. Um bonito poema de amor que tem nesta quadra o seu expoente máximo. Muito bom.
Um abraço e uma boa semana

Mariazita disse...

Uma série de quadras muito bem feitas, que começam por NÃO dar a liberdade, mas acabam concedendo-a, ainda que com condições...
A liberdade é fundamental para que o Amor possa existir.

Uma boa semana.
Beijinhos

Pétalas de Poesia disse...

Olá amiga!
A saudade é prisão ao amor. O amor quer liberdade,quer afecto,quer entrega para a vida. Belas as suas quadras. Meus parabéns minha amiga. Um abraço.


Eduardo Maria Nunes disse...

Acredito na tua bondade.
não faças uma coisa dessas
não me negues a liberdade
de a palpar as tuas pétalas!

Branca, linda Rosa.
do amor não tenhas ciúme
pefumada maravilhosa
quero cheirar o teu perfume.

Obrigado pela carinhosa visita,
resto de uma boa tarde, um beijo.
Eduardo

Manuel disse...

Vim deixar umas gotas de orvalho para que as rosas possam suportar a sua falta!
Beijinho

Nina Filipe disse...

Olá minha linda faz tempo que não passava neste caminho, mas tem dias em chega uma certa nostalgia nos guia para voltar e rever os lindos poemas que já há muito fazem parte de mim.
Então caminhando de mansinho cheguei, li, e deixei a minha marca bem ou mal ela aqui fica. Com beijinhos de luz e muita paz.

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Bom dia, querida amiga, passei para lhe desejar um lindo final de semana, junto aos seus. Grande abraço!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Que haja sempre
uma inspiração
para acordar
as palavras
adormecidas
em tua vida.

São elas que dão sentido a tua vida,
e as vidas que passeiam por tuas palavras.

Antonio Machado disse...

Olá Rosa,
lindo texto! Poesia.
Um abraço do Brasil

Blueshell disse...

E é dar muito, já....

Fico feliz de voltar e ver que bem continua a escrever-se por aqui...
Bj
BShell

Janicce disse...

Olá lindo poema, adorei conhecer.
Obrigado pela visita.
Abraços,
Rafael

Miguel disse...

Minha Amiga, no próximo dia 24 publicarei novo post.
E ainda não viste o actual... Como vai ser? Se deixas acumular... vais ter mais trabalho, porque não dispenso a tua presença... :)
Estou te aguardando!!!

Um beijo
Miguel

NO PRÓXIMO DIA 24 PUBLICAREI NOVO POST.
CONTO COM A TUA PRESENÇA.

José María Souza Costa disse...



Olá
Tudo de bom, para você.
E os meus desejos de um fim de semana, excelente.
Que a luz do Sol, aqueça os seus sonhos, e que o Criador, abençoe, os seus desejos, para que eles despertem e se concretizem.
Desejos meus, de Saúde sempre e Paz.
Abraços

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa Tarde,
Quando perseguimos um sonho em liberdade, não recuamos até o concretizar.
Existe sempre um lugar no nosso coração para acolher a felicidade que encontramos inesperadamente.
Dia feliz
AG
http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

mfc disse...

Essa é a liberdade linda que alimenta o amor!
Beijinhos.

Ghost e Bindi disse...

O amor nos quer livres, não é...? Para provarmos que estamos ao lado do ser amado voluntariamente, sem amarras que não o sentir...para sabermos que somos amados pelo que somos, senão, melhor seria a solidão, ainda que dorida de saudades.
Sua poesia tem tantas nuances, e muita beleza, querida Rosa!
Um grande abraço, belíssima semana para você!
Bíndi e Ghost

A.S. disse...

As tuas rimas, encontram sempre oa caminhos que conduzem à liberdade e ao amor!...

Um beijo,
AL

Vanessa Palombo disse...

Olá Rosa,

Belíssimos versos...

Obrigada pela visita

Abçs

Nilson Barcelli disse...

Há mais de um mês que não publicas...
Espero que esteja tudo bem contigo.
Continuação de boa semana, querida amiga Rosa.
Beijo.

Manuel disse...

Umas gotas para manter esse perfume!

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Mais um belo poema que adorei ler, como sempre.

Estou voltando e quero agradecer o carinho e apoio que me incentivou a continuar.

Um beijinho com carinho e saudades
Sonhadora

Magia da Inês disse...

♡♡彡
Simplesmente lindo!!!!
Boa quinta-feira!
Beijinhos.¸.•°♪
♬♫

Manuel disse...

Deixo um beijo para alimentar essas rosas que não quero ver definhar!

Miguel disse...

COMUNICADO:
TENHO ESTADO DOENTE
04.07.2014

Há cerca de cinco dias fui atacado por uma forte gripe, que mostrou intenções de invadir zonas do meu corpo que não lhe diziam respeito, nomeadamente a zona pulmonar.
O médico que me tem assistido moveu-lhe guerra feroz, e da refrega saíram dois vencedores: o médico e eu.
Hoje já tive autorização para me levantar duas ou três horas, e mal pus o pé fora da cama, corri – em sentido figurado, que as forças ainda não dão para correr – “corri” para o computador para estar um bocadinho convosco.
Espero em breve estar são como um pêro…“Bravo de Esmolfe”– o mais doce do reino *perófico* (de pêro).
Sei que a palavra não existe, acabei de a inventar… mas é gira, não é? 

Miguel, o rei perófico

(AQUI APARECE A FOTO DO REI, QUE POD VER NO BLOG)
Beijos para as meninas e abraços para os meninos.
Até breve, até sempre.
P.S. O meu primo vai-me fazer o favor de levar este comunicado aos blogues amigos, para que não me esqueçam...
Miguel

Maria Rodrigues disse...

O amor verdadeiro só pode mesmo ser assim vivido em liberdade.
Belissimos versos.
Beijinhos
Maria

Armando Sena disse...

Está na altura de fazer as pazes, resolver a zanga e dançar ao som do sol que nos anima.
bj