quarta-feira, 6 de novembro de 2013

DESTE-ME






















Deste-me sonhos eu sei
Que nunca ousei sonhar
E agora que eu sonhei
Queres os sonhos roubar

Deste-me alma e vida
Delírios para beber
Agora me sinto perdida
Sem razão para viver

Deste-me um beijo enleado
Nas mágoas deste meu ser
Que abraça amargurado
O jardim do meu viver

Deste-me um vazio p'ra eu
Não poder sequer sonhar
Não sentir um beijo teu 
E não te poder amar

Deste-me o silêncio em grito
Mas só eu o pôde ouvir
E por vezes acredito
Que é p'ra calares o aflito
Do louco do teu sentir.

41 comentários:

✿ chica disse...

Muito linda a poesia! Adorei! Bom te ler! beijos,tudo de bom,chica

Nilson Barcelli disse...

Quem sabe se é mesmo para calar o louco sentir...
Mais um magnífico poema, gostei imenso.
Rosa, tem um bom resto de semana.
Um beijo, querida amiga.

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Bom dia
Gostei deste poema e do seu sentimento vivo e a cortar o silêncio da desilusão.
É preciso acreditar e não se deixar levar por este lado da vida.
Viver não tem de ser equivalente a sofrer...ainda que nos roubem todos os sonhos.
Acreditemos que muitos mais ainda haverão de nascer.

Ritinha disse...

Lindo, lindo, lindo...
Adorei, nunca havia usado esse termo e vou adapta-lo.
"Deste-me"...
Gostei do jeito em que descreveu seus sentimentos...
Lindo demais!
bjs
Ritinha

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

LUZ disse...

Olá, querida amiga Rosa Branca!

Ele deu-lhe quase tudo, é caso para dizer, embora pensasse que não.

Eles são assim, mas nós pressentimos, SEMPRE, essas atitudes.
Eles, por vezes, desconhecem, que temos o chamado sexto sentido, e... são tão "enganados"! CULPA DELES, SOMENTE!

A mulher tem o poder de lhes "dar a volta", de os pôr contra ou favor de, de os "manipular", e quanto mais homens, machões, pior, porque são os que menos veem.

Agradeço o seu comentário, QUE ENTENDI MUITO BEM. Quem não gostaria de um bombom, assim?

Uma agradável semana.

Beijinhos muito sinceros da Luz.

Elvira Carvalho disse...

Um poema onde a alegria e a tristeza, se fazem presente na dádiva e no roubo.
Um abraço e uma ótima semana

AFRICA EM POESIA disse...


ROSEIRA-Branca

Amiga nunca desistas o mundo
é mesmo dos fortes e mesmo ás vezes de braços caídos se quisermos podemos virar o mundo e ser mos felizes
um beijo grande



A vida

A vida é feita
De tristeza e de alegria
De angústia e de certeza
Mas corremos para a preservar

A vida é muitas vezes algo que inquieta
Que nos deixa sem vontade de continuar
Que nos aperta o coração
E nos deixa sem vontade de continuar

Mas é vida e todos a querem
Corremos sempre com ansiedade
Com vontade de a fazer vingar
Pois sabemos que vida feliz
É mesmo o nosso objectivo principal
Nesta vida, tantas e tantas vezes cinzenta.

LILI LARANJO

AFRICA EM POESIA disse...

obrigada pelo teu lindo poema.

edumanes disse...

Não te dei meus sonhos não
Não fui eu, foi o teu amor
Rosa Branca em botão
Na roseira linda flor.

Desconheço esse beijo
Enleado, não sei não
Um beijo adocicado
Rosa perfumada em botão.

Obrigado pela sua visita
Boa noite para você.
amiga Rosa Branca, um beijo
e bons sonhos.
Eduardo.

Manuel disse...

Lindo e sentido este poema.
Gosto de ver assim esta roseira florida, deixo umas gotas mas não é a mesma coisa.
Fico, muito feliz, com a sua presença.
Beijo

Ricardo- águialivre disse...

Bom dia

Retribuindo a visita deparo-me com um blogue muito bonito com poemas fascinantes de uma beleza impar.

Fiquei seguidor, bem como, o blogue ficou linkado no pensamentos.

Seja sempre muito feliz

Deixo cumprimentos
****
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Duarte disse...

Belo, este grito de desespero e desengano. Não vale a pena seguir assim, a vida é uma porta aberta e o amor entrará em ela. Com esta sensibilidade que deduzo tens, é algo que assomará em todo o seu esplendor.
Por isso o meu dizer, sonho é falácia, perfídia, prefiro a ilusão, mas que se concretize, sonhar não quero.

Abraços de vida

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Como sempre as tuas palavras tocam-me profundamente a alma.
é um prazer ler-te.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

http://odeclinardosonhos.blogspot.com disse...

O amor dá-se e nós damo-nos ao amor...
Mais uma vez minha amiga tu deste-te de corpo e alma à poesia e o resultado está aqui perante nós!!!
beijo minha amiga
anacosta

© Piedade Araújo Sol disse...

quadras bem rimadas e com muitos sentires.

gostei!

uma boa semana.

beijos

:)

Mona Lisa disse...

Magnífico poema!

Um misto de amor e angústia.

Beijinhos.

Braulio Pereira disse...

olá querida amiga Rosa

que lindas quadras as tuas..


obrigado pelo carinho

bom fim de semana

beijos.

Mary disse...

Lindo poema, rimas perfeitas!


Bjo e abençoada semana pra ti!

Lídia Borges disse...


Encontros e desencontros pelos caminhos enviesados do amor.

Um beijo

Maria João Brito de Sousa disse...

Lindíssimo poema, Rosa Branca!

Abraço grande!

manuela barroso disse...

Em cada verso a emoção
Em cada estrofe um belo quadro poético .
Maravilhoso como sempre!
Beijinho grande!

O afectado do quadril disse...

Poesia linda!

Kalinka disse...

Boa tarde
querida amiga Rosa

Obrigada pela partilha
de tão bela poesia, associada a uma linda imagem.

O Universo é feito essencialmente de coisa nenhuma...
(escreveu António Gedeão)
não é que às vezes concordo com isso?
...
é tudo tão efémero
nós é que não nos apercebemos!
...
cada dia mais que passa
as pessoas estão vazias
distantes

um beijinho
e um obrigado pelas visitas que faz aos meus blogues
(Tulipa) ou kalinka

Maria Rodrigues disse...

Um dar pleno de amor e saudade.
Belissimo poema.
Beijinhos
Maria

Rita disse...

Que bom poder voltar as visitas de vcs, hj
meu dia foi melhor,
Vim deixar um abraço de agradecimento por todo
carinho que vc tem comigo, muito obrigado pelas
palavras que são deixadas na minha pagina
Que Deus abençoe ricamente sua vida, e amigos eu guardo no coração
Abraços de sempre.....Bjussssss

└──●► *Rita!!

edumanes disse...

Por aí ando a correr
Às vezes sem destino
Sem saber o que fazer
Como nos tempos de menino!

Com o destino definido
Hoje segui com esperança
Vi o campo entristecido
Aqui encontrei uma Rosa Branca!

Obrigado amiga pela sua visita,
te desejo um bom dia, um beijinho
para você Rosa Branca.
Eduardo.

Manuel disse...

Deixo o desejo de uma boa semana e duas gotas de orvalho.

DE-PROPOSITO disse...


Deste-me o silêncio em grito
----------
Um silêncio que faz barulho!
--------
Felicidades
Manuel

http://odeclinardosonhos.blogspot.com disse...

Olá amiga, passando para saber se está tudo bem contigo e deixar um beijinho!!!!
anacosta

JOTA ENE ✔ disse...

Sempre com poesia a condizer com belas fotos.

Fica bem... beijos!

isa silva disse...

Olá.
Adorei a sua poesia, esse é um dom maravilhoso, que você executa, com muito talento.
Seja muito bem vinda ao blog, vou tentar, estar mais presente.
Beijos

São disse...

Dói muito mais ter sonhos que são destruídos do que nunca sonhar,,,


Tudo de bom

São disse...

Dói muito mais ter sonhos que são destruídos do que nunca sonhar,,,


Tudo de bom

saudade disse...

Magnifico poema....
Beijos de Saudade

Evanir disse...

É preciso reviver o sonho
e a certeza de que tudo vai mudar.
É necessário abrir os olhos e perceber
que as coisas boas estão dentro de nós
onde os sentimentos não precisam de
motivos nem razão para amar nossos irmãos.
O importante é aproveitar o momento
e aprender o quanto a vida é breve
para deixar em brancas nuvens tudo ,
que poderemos ser
útil e amorosos nessa vida.
Se não houve amor ,que as verdadeiras amizades
continuem eternas e tenham sempre um lugar
especial fazendo morada em nossos corações.
Que eu seja para sempre nem ,
que seja uma lembrança porém te peço
nunca esqueça da nossa linda amizade .
Eu deixei na postagem um mimo ,
que é para vc uma lembrança minha.
Se aceitar ficarei grata e feliz.
Se for de outra forma ,
que prevaleça para sempre nossa amizade.
Um feliz e abençoado final de semana.
Carinhosamente deixo beijos no seu doce coração.
Evanir.Quantas saudades amiga quantas!!

LUZ disse...

Olá, querida Rosa Branca!

Nunca mais soube nada de si, e nem a tenho encontrado nos comentários dos blogues.

Ontem, já tinha pensado em passar por cá, mas tive muto que fazer, e estive a agradecer a um ou outro/ comentador, à noite.

Espero e quero que esteja bem, e MUITO FELIZ.

Beijinhos da Luz, com amizade e estima.

Manuel disse...

Vinha colher uma das rosas abandonado, não fui capaz, deixei uma gota para as alimentar.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Boa escolha . Desejo que esteja
bem. Bj.
Irene Alves

Manuel disse...

Ai que a roseira seca, mas seca mesmo.
Vá, vamos pegar na pena e deixar que a inspiração lhe sacie a sede.

Beijinho

Manuel disse...

Hoje passei, apenas, para desejar um bom e feliz natal !

Deixei umas gotas de orvalho.