quinta-feira, 19 de maio de 2011

GOSTO



Gosto,
De uma noite de luar
Dos sonhos a palpitar
Na barcaça da ilusão
Do cheiro da terra molhada
De uma manhã orvalhada
E de um dia de verão

Gosto,
Do mar ao pôr do sol
Da luz ténue de um farol
Do ar ameno à tardinha
E, da água da velha fonte
Do riscar no horizonte
Pelo voo de uma andorinha

Gosto,
Das estrelas do firmamento
De ficar parada no tempo
Despida de dor e saudade
E, de ver que o meu coração
Com tanta revolta então
Não se vestiu de maldade

Gosto,
Das carícias dos desejos
Do doce desses teus beijos
Que fazem minh'alma abrir
E, da tua ternura ousada
Que se senta endiabrada
Na soleira do sentir

Gosto,
Do cheiro que tem a rosa
Da tua voz melodiosa
E gosto do teu ardor
Mas, quando semeias desejos
No meu corpo com teus beijos
Eu te adoro meu amor.

33 comentários:

Andradarte disse...

Gosto,
Do cheiro da terra molhada
De uma manhã orvalhada
E, de um dia de verão'

Lindo...Maravilhoso todo o poema.De vez em quando,
voltarei para reler....

Beijo

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Um maravilhoso poema em que os seus gostos são os de uma potisa, um sonho!

sonho disse...

Gosto desse teu simples gostar...
Beijo d'anjo

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Rosa-branca
Um poema e exalta as belezas da natureza e os prazeres do amor. Adorei.
Bjux

Mona Lisa disse...

Olá

Belíssimo!

Gosto de amar!

Parabéns pelo Soberbo poema.

Bjs.

A.S. disse...

Lindo poema de amor! Cada palavra é uma doce caricia!

Beijos,
AL

Luís Coelho disse...

Como gosto destes poemas,
Deste sabor, destes cheiros
Não é por rosas despidas
Nem de gritos derradeiros
Mas é de palavras simples
Poemas com alma, verdadeiros.

Beijinhos

Hoje a realidade é diferente mas a violência continua a acorrentar muitas mulheres e homens.
O sapateiro foi uma das muitas figuras da minha meninice. Vivia do lado oposto, para o lado da autoestrada A17.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Rosa!

Tem muito bom gosto ao gostar daquilo que gosta, confessando-o aqui duma forma lindamente escrita.
O poema é lindíssimo,e impossível seria dele não gostar muito.
Parabéns!

beijinhos.
Vitor

Maria disse...

Querida amiga que maravilha. Eu gosto e muito da sua forma linda de escrever.
É sempre um prazer renovado vir visitar o seu cantinho, um local muito especial que ilumina a alma de quem o visita.
Beijinhos
Maria

Natural.Origin disse...

Gosto...
Bjs*

EL AVE PEREGRINA disse...

Belo poema, Rosa Branca,fermosas son as noites do luar, e o cheiro da rosa que nos envolve na súa frescura.

Unha aperta, amiga.

C@urosa disse...

Olá querida amiga Rosa, o amor e a natureza sempre transformando as almas e que assim seja sempre.


"O verdadeiro amigo é aquele que esta sempre nos ajudando a entender nossos erros e não para resolver nossos problemas."


forte abraço

C@urosa

Machado de Carlos disse...

Gosto do teu gosto, gosto do teu luar. Sonho e na ilusão procuro tuas carícias, sinto-lhe os desejos e, ter o poder de dizer-lhe: - Eu te adoro meu amor!

Belíssimo poema. Quando te leio entro em tuas palavras.

Obrigado pela tua companhia! Obrigado por escrever lindamente!

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Minha querida brancura de rosa, dizer que teu poema é lindo não é dizer nada que assim não seja, é sempre um gosto requintado vir aqui e te ler pois o faço desde que começastes a escrever, e, sou tua fã acérrima adoro tudo o que escreves.
Agora fugindo um pouco ao comentário, quero-te dizer que no dia 12 deste mês se realizou o final da odisseia de 5 anos o julgamento de paternidade, foi uma injustiça porque nunca foram ver as condições de vida da mãe, e, a deixaram ficar com o pai. Mas eu depois quando te ver no facebook te conto mais.
Beijinhos de luz e muita paz

Tétis disse...

Olá Rosa-Branca

Gosto do teu poema "gosto", gosto do teu blog e de tudo o que vi nele, poemas, imagens, tudo eu gosto.

E como gosto e pretendo voltar, também vou gostar de ser tua seguidora.

Beijinhos

Everson Russo disse...

Um gostar na plenitude de tudo que envolve o amor,,,belissimo,,,grande beijo de bom sabado.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Este gostar
nos faz sentir
os sabores
e os sentidos
da vida.

Que as estrelas
sempre brilhem em teu olhar.

Ricardo Miñana disse...

Muy bonita la poesía gracias por compartir.
un placer pasar por tu casa.
que tengas un feliz fin de semana.
un abrazo.

Evanir disse...

Uma magnifica poesia amo estar no seu blog amiga sei aqui só encontro belos poemas.
Um feliz final de semana beijos meus ,,Evanir.

www.aviagem1.blogspot.com

Janita disse...

Amiga Rosa Branca.
Poema maravilhoso, ao que de resto, já nos habituaste, nesse teu jeito de fazer poesia com a alma e o coração.
Minha amiga, também eu gostei muito dos teus gostos.

Beijo com carinho

Janita

Samuel Rego disse...

Tratas el amor tan sutil y delicadamente que tus poemas son un arruyo para los sentidos.

Um beijo.

Virgínia do Carmo disse...

E eu gosto do seu poema.

Um beijinho!

Nilson Barcelli disse...

Também gosto.
E do teu poema também.
É muito bonito e bem escrito.
Querida amiga, bom resto de Domingo e boa semana.
Beijos.

Everson Russo disse...

Uma semana cheia de versos e carinho pra ti amiga..beijos.

A.S. disse...

... e eu gosto da musicalidade dos teus versos!...

Uma boa semana para ti!

Beijos,
AL

SOL da Esteva disse...

Rosa-Branca

“Gosto,
De uma noite de luar (…)
Do mar ao pôr do sol (…)
Das estrelas do firmamento (…)
Das carícias dos desejos (…)
Do cheiro que tem a rosa (…)”

Gosto (…)”
Do teu ver, do teu sonhar,
Sobre o cetim do lençol
Dnde espraias sentimento,
Onde relembras os beijos,
Suaves, de mariposa.

SOL da Esteva
http://acordarsonhando.blogspot.com/

PS:A minha Homenagem e gratidão

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre lindo o que sai dos teus dedos...um poema que canta o amor pleno, adorei e deixo um beijinho com carinho.

Sonhadora

carlos pereira disse...

Cara amiga, Poetisa do amor;
Belo poema de versos e rimas límpidas e profundamente genuínas de uma alma muito sensível.
Gostei imenso.
Parabéns.
Beijo fraterno e amigo.

LEXIS disse...

Gosto...gosto...gosto muito. Lindo!! Às vezes são coisas tão simples, mas se soubermos apreciá-las e gostar delas, fazem-nos muito felizes.
Obrigada pelo comentário no meu blog.
Beijos

Everson Russo disse...

Um belo dia de poesia pra ti minha amiga,,,beijos.

Graça Pereira disse...

Adorei o teu "Gostar" expresso desta maneira tão linda e cheia de sentimento e gosto, gosto mesmo,de tudo quanto tu gostas!!
Mil beijos
Graça

isa disse...

Gosto mt de tudo o que gostas!
Gosto da teu modo simples e lindo de te expressares!
Beijo.
isa.

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog Silencio dos meus sonhos. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs

Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.

Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/