segunda-feira, 11 de abril de 2011

APAGO OS MEUS TRAÇOS


fotografia: Svetlana Nubarova



Apago meus traços, perdidos num adeus
Percorro os meus sonhos, cansada, perdida
Desfaço o silêncio, destes olhos meus
E rasgo as mágoas e agruras da vida

Preencho a ausência e bebo um poema
Feito do meu corpo, vazio, sedento
Carrego a saudade como um dilema
Deixo meus desejos nas asas do vento

Assino a viagem que vou percorrer
Na folha da vida, que me está a fugir
Enterro a angustia, p'ra ninguém saber
Que um dia com ela eu irei partir

Desfaço meus laços e digo-te adeus
Nesta encruzilhada de mágoa e de dor
És a minha luz e a dos olhos meus
Doçura, carinho, ternura e amor

Apago os meus traços, na tela com beijos
Percorro o teu corpo, p'ra sentir o sabor
Das nossas loucuras, dos nosssos desejos
Da minha ansiedade, de ti meu amor.


21 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Pena que sempre vem a saudade, para nos lembrar de um amor que só faz parte de nossas lembranças.
Bjux

fabiofan disse...

Lindo Rosa um poema que rasga o peito e mostra a pureza de um amor.

beijos

carlos pereira disse...

Cara poetisa do amor;
Maravilhoso poema! LINDO! LINDO!
Um beijo.

Sonhadora disse...

Minha querida

Simplesmente maravilhoso este poema.

Desfaço meus laços e digo-te adeus
Nesta encruzilhada de mágoa e de dor
És a minha luz e a dos olhos meus
Doçura, carinho, ternura e amor

Adorei, como sempre os teus versos falam tanto de mim.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Mona Lisa disse...

Olá

Saudade... palavra triste quando se perde um grande amor...

Bjs.

Machado de Carlos disse...

Lindo! Lindo! Lindo! Como é bom ler um poema assim. Um cadência de palavras perfeitas, sem contar com a emoção dos sentimentos inseridos. Perfeito. Adoro ler-te!
Não sei mais o que lhe dizer de tão bela escrita. Emociona!
Beijos!...

Nilson Barcelli disse...

Gostei muito do teu poema de amor.
Estás a escrever cada vez melhor... continua.
Beijos, querida amiga.

Graça Pereira disse...

Dos poemas sobre o amor dos mais lindos, escritos por ti!Há emoção, sentimento e saudade.
A poesia é defacto, o teu campo!!
Parabens!
Beijocas
Graça

MIESFE - 64 disse...

Precioso poema, siempre que se habla de amor es maravilloso
Un abrazo

Faniquito disse...

Que liiindo !!! É tão difícil preencher as ausencias, né.

Beijinhos

Ana

. intemporal . disse...

.

.

. o des.lumbre da palavra . aqui poética e pictórica é por si só propulsor do alento .

.

. por.que o talento há tanto existe .

.

. um beijo meu . o de sempre . sempre amigo .

.

.

Maria Valadas disse...

Muito belo este poema de amor, querida amiga Rosa.
Muitos parabéns por tão magnifica inspiração.
Sempre que posso, leio- te no Luso... e é lá que nos encontramos ínumeras vezes.

PS: Acerca do poema que comentaste no meu blogue,
apercebi- me que já conhecias a história do
mesmo, pois tive mt prazer em dar uma expli.
ção sobre o mesmo.

O facto tão real que acredito plenamente no
que a minha filha diz.

Como tu dizes e muito bem, há mistérios que
nos ultrapassam.

Beijinhos numa das tuas bétlas brancas,
Maria Valadas

Natural.Origin disse...

Adorei ( Lindo )

Sorriso:)

Maria João disse...

Jamais conseguirás apagar os traços que fazes dentro da alma. Sabes, é que de amor e de dor se escrevem todas as emoções humanas e, por muito que, às vezes, nos custe, são os sentimentos mais dolorosos que nos fazem dar valor aos momentos felizes.

Um beijinho grande, amiga

tossan® disse...

Eu também fico sem palavras para comentar este belíssimo poema. bj

PS: Mas estas letreinhas antes de comentar me desanimam. tira isso.

Everson Russo disse...

Um adeus sempre doi no coração e na alma,,,deixa um vazio enorme na vida de quem fica...grande beijo de bom final de semana pra ti.

A.S. disse...

Não apagues os traços de tão bela tela de amor!
Deixa que cada cor pinte sua palavra como se fossem doces caricias...


Beijos meus,
AL

Graça disse...

"Preencho a ausência e bebo um poema"... adorei este teu poema, querida Rosa. Gosto de passar por aqui. Tanto.


Beijo de carinho e um excelente fim de semana.

José disse...

Como diz a Graça, este é sem duvida um dos melhores poemas de amor escritos por si.

Que tenha um bom fim de semana
um beijinho grande,
José.

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga, tem um óptimo Domingo.
Beijos.

Marcos Campos disse...

Belo poema !! Sempre bom ler por aqui...
Boa semana pra ti !!
Bj !