quinta-feira, 22 de novembro de 2012

O TEU CALOR





























Ao sentir o teu calor
Eu só te queria morder
Fiquei vermelha na cor
Quando comecei a aquecer

Quanto mais eu te mordia
Mais eu ficava em brasa
E o que eu mais queria
Era levar-te p'ra casa

Deixaste-me de tal maneira
Que até me faltou o ar
Mas caí naquela asneira
De te morder a brincar

Se não fosse a multidão
E tanta gente a olhar
Era ali mesmo no chão
Que nos íamos rebolar

Com o meu corpo a arder
Eu só queria ver o mar
E banhar-me com prazer
Para este fogo apagar

Causaste-me tanto embaraço
Se ao pé de mim tu passas
Eu não sei o que te faço
Malagueta do caraças

Malagueta- espécie de pimenta muito ardente.

61 comentários:

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

he he. Gostei da pegadinha.

edumanes disse...

O calor te fez desabrochar
Rosa florida tão bela
Nos teus braços adorava estar
Sentados juntos da tua janela!

És a rosa mais bela
Branca és com certeza
Nascida na primavera
Tua mãe a natureza!

Tens perfume para dar
Tão lindas as tuas pétalas
Brilhantes de noite ao luar
Iluminas pelas estrelas!

Obrigado pela sua visita, e pelo lindo comentário.
Boa quinta-feira para você.
um beijinho
Eduardo.

SOL da Esteva disse...

Sensacional!
Consegues reproduzir a sensualidade e o "fogo que arde sem se ver".
Parabéns


Beijos


SOL

BELA FLOR. disse...

Olá querida amiga,linda sua poesia,todas elas,amo,parabéns,saudades,bjs!

Beatriz Paulistana disse...

Boa tarde!!!
Acabei de ler um poema seu em outro blog e aqui vim parar.
Me encantei com tão belos poemas...
Espero nos vermos mais vezes.
Tenha dias felizes...
Bjokas...da Bia!!!

Mona Lisa disse...

Intenso! Sensual!

Paixão/desejo são fogo que arde!

Parabéns pelo belíssimo poema!

Beijos.

Mona Lisa disse...

Intenso! Sensual!

Paixão/desejo são fogo que arde!

Parabéns pelo belíssimo poema!

Beijos.

Nilson Barcelli disse...

Um poema bem apimentado... eheheh...
Gostei muito, do princípio ao fim.
Rosa, querida amiga, tem um bom resto de semana.
Beijo.

Jorge disse...

Amiga Rosa,
Um "post" caloroso e tão bem condimentado com desfecho em malagueta é... demais.
Abrs
J

Braulio Pereira disse...

eheheh é mesmo do caraças arde que se farta.

poesia bela com picante

doce noite flor


beijos.

Rui Pascoal disse...

Lembra-me o Adão e a Eva
O "problema" foi a trincadela...
:)

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Há em quem amamos
a chama que acorda
a vida adormecida
em nós.

Que amar seja para ti
o objetivo de cada instante.

Evanir disse...

Boa Noite Amiga Querida.
Eu amei seu poema quanto
amor lindo despertar de uma louca paixão.
Amada da saudades quando não posso sair para visitar as pessoas que aprendi amar no longo do tempo.
Beijos no coração feliz final de semana ,Evanir.

Magia da Inês disse...

♡¸.•°
Olá!
Eta pimenta brava!!!!
Bom fim de semana!
Beijinhos do Brasil

✿ °•.¸♡¸.•°✿

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Poesia sensual mas de um calor que nos é muito caro e apetecível.

O amor é fogo é paixão é loucura, mas será sem dúvida a razão que nos faz viver como somos.

José disse...

Bom dia, Rosa Branca!

Deixas pessoas em brasa
no meio da multidão
seja na rua ou em casa
seja no ar ou no chão

O maldita malagueta
pensei que era verdade
até fiz uma careta
depois de ser enganado

Bom fim de semana
Beijinho,
José.

Andradarte disse...

'Trinca' ....atrás de 'trinca'....
acaba por se comer malagueta e tudo.........
Bom fim de semana
Beijo

fabiofan disse...

Esta poesia encanta como sempre a flor linda de um jardim maravilhoso, pimenta malagueta queima mesmo rsrsr, sua boba vc me enganou.

grande abraço

fabiofan disse...

Ah! Esqueci, esta eu vou plagir kkkkk

Marina-Emer disse...

Con todo mi gran afecto te deseo feliz fin de semana
Y con cariño agradezco tus visitas siempre
Mi cordial abrazo para ti
Besossssssss
Marina

luís rodrigues coelho Coelho disse...

LI todo o poema e como ele está bem construído pensei apenas em paixão.
A malagueta no final entendi-a como comparação.
Agora relendo novamente vejo que me pregou uma boa partida.

Parabéns pela arte.

Mary disse...

OI Rosa Branca!

Uma poesia belíssima e sensual.

Amei querida, obrigada pela sua visita carinhosa.

bjos

MARIA DA FONTE disse...

Até eu fiquei com calor...Gostei.
beijos e bom fim de semana

Dulce Morais disse...

Poesia ardente...
Gostei!

Rita disse...

Bom sábado pra vc, com muito carinho
deixo meus parabéns por mais esse post lindo...
A amizade faz a gente muito alegre por
ter amigos que gratifica nosso dia
E ter vc na minha lista de presente
eu fico eternamente feliz
Abraços com carinho
Bjuss
Rita!!!

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

Maldita malagueta que tantos estragos faz num só dia, é bem feita que é para não seres gulosa.
Beijinhos meu amor

O Profeta disse...

Tacteei minha sombra caída
Os ramos de uma magnólia cedem ao vento
Ergui num deserto um castelo de raivas
Segui numa distância infinita ladrilhada de mágoas

Já não posso dar-te a mão, cheguei tarde
Entre ruinas procuro o sentido, a razão
Já não canto aos deuses, não rezo
Já esqueci o sabor do desprezo, não desprezo

Tracei um círculo de solidão
Ausente do meu nome está o chamamento
Jazem mudas as folhas de silêncio
Errantes brumas ao sabor do vento

Bom fim de semana


Doce beijo

Kim disse...

Amiguita!
A malagueta e a imaginação ligam muito bem e depois dá nisto. Muito bem.
Um grande beijinho para ti

© Piedade Araújo Sol disse...

a malagueta?!!!!

e eu a pensar outras coisas!

confesso que me fez sorrir e gostei de ler esta tua outra faceta num poema todo ele bem construído e bem rimado.

beijo

Nilson Barcelli disse...

Reli o teu poema com o mesmo encanto.
Rosa, querida amiga, tem um bom domingo e uma boa semana.
Beijo.

Daniel Costa disse...

Rosa Braca

A malagueta é sempre brava, se não queremos fugir à tentação, ela poderá arder, criando combustão.
Beijos

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Quando comecei a ler o teu poema fui logo a pensar noutras coisas, mas depois é que vi que era a malagueta.
Muito bonito como sempre.


Um beijinho com carinho
Sonhadora

Marinha disse...

Lindo, ritmado e quete!
Teus versos são envolventes, rosa amiga!
Bj e um final de domingo de paz pra ti.

elvira carvalho disse...

Muito interessante. Fez-me lembrar um outro poema que apreendi em menina.
Um abraço e uma boa semana

Ana Martins disse...

Gostei muito, Rosa, muito melodioso e divertido.

Beijinho,
Ana Martins

Everson Russo disse...

Uma interessante jogada de palavras...ficou show...beijos amiga e uma bela semana pra ti.

manuela barroso disse...

Ah, como gostei desse humor sempre difícil de levar a sério numa poesia tão linda!
Adorei querida amiga!
Grande abraço

Silenciosamente ouvindo... disse...

Gostei do malagueta do caraças.
Mas não só.Um belo poema.
Bj.
Irene Alves

Graça Pereira disse...

Acho lindos estes poemas de amor/paixão porque são a realidade dos sentimentos do coração.
Parabéns pela beleza deste poema!
Mil beijos e uma semana muito feliz.
Graça

Sandra Subtil disse...

hehehehehe...sempre surpreendendo e encantando :-)
Beijinhos

Rosa Branca disse...

Mulher, que calor que deu esse poema, brasa mesmo, rsss
Parabens viu

Paty Alves
www.agape-amorverdadeiro.blogspot.com
www.patyiva.blogspot.com
www.tentardecoracao.blogspot.com

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá;
Como sempre belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Manuel disse...

Juro que fui totalmente enganado.
Bem feito! A minha mente perversa mereceu.
Magnifico.
Parabéns, conseguiu!

© Piedade Araújo Sol disse...

Obrigada pela visita.

;)

AFRICA EM POESIA disse...

Com um beijo e muita


AMIZADE

A amizade é uma coisa
Que chega e muitas vezes vai.

É difícil ficar... é difícil estar
Mas... olhamos e sabemos...

Sabemos que o amigo
És mesmo tu...

Que esperas por mim
E me levas contigo...

Não me deixas chorar
Pois choras por mim...

Estás sempre alerta
A qualquer hora me acodes...

E em todo o momento
Mesmo que não estejas...

Eu sei que estás...
Porque te sinto... AQUI!...

LILI LARANJO

Claudio Poeta disse...

Oi Minha Amiga - Há um presente pra você em meu blog Vida Alta! - Abração

Duarte disse...

Beleza no teu dizer
fruto do bem morder
que até ao rubro foste
quando aquilo mordeste...

Capacidade de imaginação a TUA...

Um grande abraço

tulipa disse...

Agradeço a partilha de tão belo poema!

No meu "Momentos Perfeitos"
estou a fazer uma reportagem sobre a minha visita a Leiria.
Não sei se conhece...
Se quiser espreitar,
esteja à vontade.

Na vida temos altos e baixos
muitas vezes
entre ruinas procuro o sentido,
a razão
muitas vezes
traço um círculo de solidão
...
Posso dizer que
percorri um longo e tortuoso caminho
sou do género saltimbanco
a minha terra perdi-a
ficou longe
Hoje
só na memória das
recordações
e da saudade!

Boa semana.
Um abraço.

tulipa disse...

Agradeço a partilha de tão belo poema!

No meu "Momentos Perfeitos"
estou a fazer uma reportagem sobre a minha visita a Leiria.
Não sei se conhece...
Se quiser espreitar,
esteja à vontade.

Na vida temos altos e baixos
muitas vezes
entre ruinas procuro o sentido,
a razão
muitas vezes
traço um círculo de solidão
...
Posso dizer que
percorri um longo e tortuoso caminho
sou do género saltimbanco
a minha terra perdi-a
ficou longe
Hoje
só na memória das
recordações
e da saudade!

Boa semana.
Um abraço.

elvira carvalho disse...

Amiga hoje vim desejar um bom fim de semana e pedir-lhe para passar lá no A mulher e a poesia.
Um abraço

A.S. disse...

Belo!...
Ah!... doce fogueira onde eu queria ser brasa!...


Beijos,
AL

O Profeta disse...

Inventei a ironia numa toada de vento
Roubei as asas a uma gaivota azul
Colei-lhes um poema cheio de penas
E enviei-o para uma tonta do sul

Inventei um mar numa bola de sabão
Roubei uma corda forte e boa
Atei um rol de mágoa à mesma
E afoguei-as nas águas de uma lagoa

Bom fim de semana


Doce beijo

Nilson Barcelli disse...

Rosa Branca, querida amiga, tem um bom resto de domingo e uma boa semana.
Beijo.

Maria Rodrigues disse...

Sensual e belo.
Beijinhos
Maria

MARIA DA FONTE disse...

Cheguei para ver as novidades,como não há voltei a ler este lindo poema.
Beijinhos e boa semana.

MARIA DA FONTE disse...

Cheguei para ver as novidades,como não há voltei a ler este lindo poema.
Beijinhos e boa semana.

Evanir disse...

minha Amiga.
Tenho orgulho de fazer parte das suas amizades.
Tenho orgulho de ver meu link no seu blog.
Amada estou postando textos e poemas de Natal.]
hoje venho pedir para enviar uma para mim postar ficarei feliz se puder atender meu pedido.
evanir_garcia@hotmail.com
espero receber no email acima.
deus abençoe sua semana beijos,Evanir.

Nyce Pinto. disse...

Bom dia amiga! Passando para ler essas belíssimas poesias e poemas... Sempre lindos! Desejo que tenhas uma feliz semana! Bjos...

MARILENE disse...

Surpreendeu e encantou (rss). Foi me envolvendo com a imagem e as palavras de grande calor, para encontrar a pimenta lá no final. Bjs.

Machado de Carlos disse...

A vida tão bela, às vezes nos torna assim. Grafamos nossos sentimentos de amor que são demonstradas ao nosso próprio mundo como uma planta carecendo de água.
Obrigado amiga, pelo seu carinho!
Beijos!...

auaraa disse...

Nossa, ficou apimentado.
Parabéns, lindo.
Jorge.