segunda-feira, 14 de novembro de 2011

DESFOLHEI

Folhas caindo - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

Desfolhei o meu sentir
Como se fosse uma flor
E vi pétalas a abrir
Em lindos sonhos de amor

Vi a alma adormecida
Mais parecia sonhar
Talvez com uma outra vida
Que não consegui lhe dar

Desfolhei a madrugada
E vi do dia a sair
A mais bela desfolhada
Na eira do meu sentir

Pensei desfolhar a verdade
Foi demais a ousadia
Desfolhei minha saudade
Que eu pensava que dormia

Desfolhei com emoção
O teu sentir que loucura
E vi pétalas de paixão
Com muito amor e ternura

Quis desfolhar os teus beijos
E acabei por desfolhar
As loucuras e os desejos
Que tinhas para me dar.

45 comentários:

Lia disse...

Lindo...sentido...O Amor!!!!! È Ele que nos faz viver...seguir em frente..
Como sempre...mais um lindo poema.
Amei
Bjs
Lia

Sonhadora disse...

Minha querida

Que ao desfolhares a vida, encontras as mais belas rosas e o perfume do amor.

Como sempre escritos com alma os teus poemas.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Maria Valadas disse...

Cito o que me emocionou em todo o poema, embora ele esteja replecto de amor:

"Pensei desfolhar a verdade
Foi demais a ousadia
Desfolhei minha saudade
Que eu pensava que dormia"

Parabéns, Rosa.
Beijinhos.

Maria Valadas

BlueShell disse...

..."Pensei desfolhar a verdade
Foi demais a ousadia
Desfolhei minha saudade
Que eu pensava que dormia..." um belíssimo poema...aentido...e com o qual me identifiquei.
É curioso...como às vezes outros textos dizem aquilo que parece ser feito à nossa medida..., para nós, neste caso ...para mim...
MUITO BOM!

ana costa disse...

Olá amiga, bom dia.
Nesta necessidade de busca constante, desfolhamos aquilo que mais importante é para nós: a vida, as emoções, o amor...
A sua escrita está linda como sempre!
É uma grande alegria para mim vir aqui e ver os sentimentos passados para o papel duma maneira tão bonita...
Beijo

BlueShell disse...

Tens razão...a vida nos tira tanto...a mim já me tirou muito...
No presente, meu merido está ainda a convalescer de uma operação aum cancro colo-rectal.
Está ostomizado, perdi meu oai, minha mãe idosa doente me preocupa também...no entanto encontro a cad a dia, a bada passo que dou um motivo para ainda agradecr tudo quant Deus me da...mesmo na hora da adversidade..Ele me abençõa e me conduz...sinto isso...

Te desjo tudo do melhor neste dia...e nos que hão-de vir.
Bj

(Há pouco comentei...não sei se entrou)
Ah, mas tinha esquecido de fazer referência à imagem que está antes do poema : já são umas poucas de vezes que me deleito a onbservá-las...hoje não foi excepção...não sei onde vais buscar...mas que são magníficas, de sonho...ai isso são!
Bj
BShell

Mara disse...

Olá Rosa-Branca!
Mais um belo poema, gostei muito, parabéns!
...
Quis desfolhar os teus beijos
E acabei por desfolhar
As loucuras e os desejos
Que tinhas para me dar.

Beijo,
Mara

**♥✿-franciete filipe-✿♥** disse...

As folhas do Outono estão caindo, e logo, logo caiem os flocos da neve, mas me parece que desta vez os santos nos querem correr à pedrada, a avaliar pelas pedras que já caíram isto além da crise ainda vamos ser corridos.
Adorei a tua desfolhada me lembrei dos meus tempos de mocinha quando desfolhava o milho só para ganhar um beijinho.
Com milho ou sem milho toma lá beijinhos de luz e muita paz...

Machado de Carlos disse...

Os sonhos de amor chegam e afloram novos sinais de vida. Colorem as madrugadas. Passamos a sentir saudade de alguém que ainda não se despediu. Uma loucura benéfica, terna. Acaba sempre com um beijo. Aquele beijo que aumenta os liames das almas.

Um abraço carinhoso!

Beatriz Prestes disse...

Ah, minha amiga querida..
Que romântico e muito lindo!!
Beijo carinhoso!!
Bea

Paulo Sempre disse...

Versos

"Versos! Versos! Sei lá o que são versos...
Pedaços de sorriso, branca espuma,
Gargalhadas de luz, cantos dispersos,
Ou pétalas que caem uma a uma...

Versos!... Sei lá! Um verso é o teu olhar,
Um verso é o teu sorriso e os de Dante
Eram o teu amor a soluçar
Aos pés da sua estremecida amante!

Meus versos!... Sei eu lá também que são...
Sei lá! Sei lá!... Meu pobre coração
Partido em mil pedaços são talvez...

Versos! Versos! Sei lá o que são versos...
Meus soluços de dor que andam dispersos
Por este grande amor em que não crês... "

(Florbela Espanca, in "A Mensageira das Violetas")

PS: Obrigado pela visita.

Mona Lisa disse...

Olá

Belíssimo poema!

Dia a dia desfolhamos a vida em busca do amor...

Bjs.

Everson Russo disse...

Um poema perfumado do sentimento amor...beijos de bom dia pra ti.

Mário Margaride disse...

Belo e sentido poema, amiga Rosa.

Adorei!

Beijinhos e feliz quarta feira!

Mário

São disse...

A saudade nunca dorme...

Gostei do poema.

Saudações.

Guma Kimbanda disse...

Olá amiga Rosa,

Encantado com o fluir deste momento.
Pétala a pétala nesta desfolhada a emoção em crescendo e o amor a fazer sentido.
Lindo.

Beijo e kandandos meus.

Evanir disse...

De todas as flores que colhemos nos campos,
a Amizade é o único sentimento que os ventos podem soprar,
mas, suas pétalas jamais cairão.
Estou com uma infinita saudades.
A partir do dia 25 estarei voltando se Deus quiser.
Farei o possivel para ir fazendo visitas visitas a noite.
Beijos com infinitas saudades.
Evanir

mixtu disse...

um desfolhar...
de uma vida
de desejos
defolhar um beijo... se apaixonado...

abrazo serrano com aliança :)

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Rosa...

Obrigado pela participação lá no Verseiro

Desfolhaste aqui com maestria a tua poesia...ficou muito bonito o todo, pétala por pétala, palavra por palavra...parabéns pela forma e pelo jeito...a ultima estrofe fechou com chave de ouro e por falar em beijo...

O meu primeiro beijo foi depois de ir a uma sessão de cinema em plena manhã de domingo...na despedida um selinho para selar o encontro...fui embora alegre, com cara de paisagem...rs
Um abraço na alma...bom fim de semana ai para vocês
Valeu...bjo

SOL da Esteva disse...

Rosa-Branca

Desfolhar, abrir, despir, desnudar...
Tudo isto nos passa pela Alma.
Sorte se ela se torna Espiga Vermelha (Milho Rei), que nos dá direitos a beijos e carinhos especiais.
Bonito Poema. Parabéns.


Beijos


SOL
http://acordarsonhando.blogspot.com/

José disse...

Neste momento de solidão
depois de tudo desfolhado
senti que o meu coração
pulsava mais acelerado

Sempre lindos os teus poemas
a saudade a nostalgia,
estão bem presentes

bom fim de semana,
beijinhos,
José.

Lídia Borges disse...

Maravilhoso este poetar cheio de ritmo e bem dizer.

Parabéns!

Um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

ROSA BRANCA

PARA TI:::

Com um beijinho

Vida...

Que será?
Como será?
Como a descrever?

A vida é tanta coisa
É tão linda...
É tão feia...
É cor de rosa...
Ou até cinzenta...

Mas é...
Porque a sentimos...
A vemos passar...
Quase sempre a Correr...

E nesta vida...
É o que tu dizes...

Há-de cantar...
Há-de colorir...
Há-de gritar...
Mas há-de gritar...
Mas há-de sempre...
Saber encantar...

No sonho...
No amor...
No sofrimento...
Na dor...

E voltas a dizer...

Há-de chorar...
Há-de fazer rir...
Há-de sorrir.

E eu digo-te...

Vamos sorrir...
Gritar e para sabermos...
O que é a vida...
Vamos Amar!...

LILI LARANJO

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

É interessante
ver tudo o que
o ser amado é
capaz de fazer
desabrochar em nós...

Que a luz da vida
esteja sempre em teu olhar

Maria disse...

Rosa que versos maravilhosos, o desfolhar dos versos do amor.
Amiga deixei no meu cantinho um miminho especial, por me acompanhar na estrada da vida e porque seu cantinho é ESPECIAL, um espaço onde a qualidade e o bom gosto estão sempre presentes em todos os posts.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa disse...

Um colar de emoções, de sonhos, de ternura! Belíssimo! E a música é linda!
Um abraço.

Jorge Pimenta disse...

poema outonal para desfolhadas e demais transfigurações.
belo este botão de rosa interior, querida amiga!
beijinho!

David C. disse...

muy hermoso poema.

Pedrasnuas disse...

Sempre a desfolhar ...desfolha tudo a que tens direito!!! Só tens esta vida!!!

Beijo carinhoso

BlueShell disse...

De volta para te desejar uma boa semana!
BShell

ana costa disse...

Olá amiga, passei só pra desejar uma boa semana.
BJS

Marcos Campos disse...

E é assim ... vivendo e desfolhando e sentindo ...
Beijo !!

mixtu disse...

a mirar a loucura ou o desejo para desfolhares... novamente...

abrazo serrano

Nilson Barcelli disse...

Mas que rica desfolhada... rica em belas imagens poéticas, em suave melodia, em ritmo, etc.
Este teu magnífico poema dá para ser cantado. Haja alguém que lhe faça a música...
Gostei muito.
Querida amiga, tem uma óptima semana.
Beijos.

Manuel disse...

Deixei-me enlevar pelo encanto destes versos e pela simplicidade como nos leva embalados numa doce estória de amor.

Irene Alves disse...

A sua poesia muito me agrada.
Às vezes me interrogo como podem
pessoas tão sensíveis, viver nesta
época tão atormentada e tão difícil...
Beijinho/Irene

Everson Russo disse...

Flor de amor em sentimentos...em pensamentos perfumados de alma...belos versos...beijos de bom dia pra ti amiga.

Mário Margaride disse...

Querida amiga Rosa

Passei por aqui, para te desejar uma excelente quinta feira, e dar-te um beijinho grande.

Mário

Maria Luisa Adães disse...

Desfolhar a verdade?

Foi um propósito arrojado! Parabéns,

Mª. Luísa

Maria Valadas disse...

Querida amiga Rosa!

Passei para ler mais um novo poema, mas como não o encontrei, aproveitei o tempo para ler os anteriores.

A tua sensibilidade na escrita emociona- me bastante!

Tem um bom fim de semana.

Beijinhos.

Maria Valadas

Marinha disse...

Uau!
Lindo texto e delicioso sentir!
Bjo, querida.

BRANCAMAR disse...

Muito lindo este desfolhar de ternuras e paixões.

Beijos

Sonhadora disse...

Minha querida

Passando para te deixar um beijinho com carinho e desejar um fim de semana cheio de paz e amor.

Sonhadora

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa disse...

Vinha ver de novidades. Reli o seu belo poema e voltei a ouvir a linda música que seleccionou.
Deixo um abraço.

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga, passei para te desejar um bom fim de semana.
Beijos.